Adeus! Manchester United quer ‘barca’ com mais de 10 saídas em 2024

5 minutos de leitura

O Manchester United está se preparando para mais uma janela de transferências de limpeza no elenco. Segundo o site “Manchester Evening News”, o número de saídas deve ultrapassar a marca de dois dígitos durante as janelas de transferência de inverno e verão em 2024.

Foram 14 jogadores que atuaram pela equipe principal a deixarem o clube permanentemente no último verão, à medida que os Red Devils se tornaram mais proativos no mercado de vendas para cumprir as regras de lucratividade e sustentabilidade da Premier League.

Os ‘incertos' no Manchester United

Tom Heaton e Jonny Evans estão sem contrato e sem a opção de extensão de seus vínculos ao fim da temporada, enquanto ainda não está claro se o United estenderá os contratos dos laterais Brandon Williams e Alvaro Fernandez, emprestados a Ipswich Town e Girona, respectivamente.

Além disso, o técnico Erik ten Hag quer um novo zagueiro, o que pode acelerar a saída de outro defensor. Além de Evans, Lindelof tem o contrato mais curto entre os zagueiros, mas ele começou em 11 dos 18 jogos do United nesta temporada, e há uma opção de extensão por um ano.

Foto: Icon Sport

O United também espera uma rotação maior no meio-campo do que no último verão, quando apenas o brasileiro Fred saiu para o futebol turco. Scott McTominay estava disponível para transferência e, embora tenha recuperado seu lugar, há dúvidas sobre a sustentabilidade a longo prazo. O escocês estava disposto a se juntar ao West Ham, que teve uma oferta de 30 milhões de libras rejeitada.

O acordo para contratar Sofyan Amrabat por empréstimo da Fiorentina inclui uma opção de compra do marroquino por 20 milhões de euros, e as chances de uma mudança permanente diminuíram devido às dificuldades do jogador na Premier League. Christian Eriksen e Casemiro completam 32 anos em fevereiro, e o contrato de Eriksen expira em 19 meses.

As saídas mais ‘encaminhadas'

Além dos que ainda têm futuro incerto, existem os casos de jogadores mais próximos da saída de Old Trafford. É o caso de Raphael Varane, que viu a melhora de forma de Harry Maguire colocá-lo no banco.

Se antes Maguire estava na lista de transferências, agora é o francês quem está perto de deixar o clube, com chances de ser mais um reforço para o campeonato da Arábia Saudita.

Varane United
(Foto: Icon Sport)

O Manchester United poderia liberar Anthony Martial em vez de estender seu contrato por mais um ano, pois há baixo valor de revenda e pouco mercado para vender o atacante. Martial marcou modestos 18 gols pelo United desde setembro de 2020.

Donny van de Beek e Jadon Sancho estarão disponíveis para transferência em janeiro, a menos que ocorra uma reviravolta nos acontecimentos. O holandês, excluído do elenco da Champions League, jogou 21 minutos nesta temporada, e Sancho foi banido do elenco principal depois de acusar Ten Hag de mentir sobre sua ausência na derrota para o Arsenal em 3 de setembro.

O clube inglês provavelmente terá mais duas janelas de transferência para receber uma taxa de transferências por Mason Greenwood, cujo contrato termina em 2025. O atacante está emprestado ao Getafe na La Liga pelo restante da temporada.

Os jovens sem espaço

O contrato de Shola Shoretire termina no verão, e ele ficou isolado na equipe sub-23 após não conseguir garantir uma transferência, depois de ter passado a segunda metade da temporada passada emprestado ao Bolton Wanderers.

Joe Hugill despertou interesse após exposição ao time principal durante a pré-temporada, e a visibilidade de Will Fish emprestado ao Hibernian está aumentando seu valor de revenda.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]