Sampdoria possui interesse em goleiro de gigante do Brasil

Na tarde desta quarta-feira (28), tomou-se conhecimento da proposta da Sampdoria por goleiro que joga atualmente no futebol brasileiro, mas que já atuou fora do país. A saber, trata-se de Rafael Cabral, goleiro do Cruzeiro, líder da Série B do Brasileirão e recém chegado ao clube celeste, para ser o substituto do ídolo Fábio.

Sampdoria quer Rafael já nesta janela

A princípio, segundo Samuel Venâncio, do site BolaVip, o clube italiano conta com o goleiro cruzeirense para esta temporada, que se inicia em agosto, na Europa. No entanto, o contrato atual com o time mineiro deverá ser o maior obstáculo para a confirmação da contratação, com vínculo que termina em 2024.

Um time da Europa tá de olho em jogador do Cruzeiro. Vou contar o que que eu apurei. Procurei o Cruzeiro para comentar a situação é um atleta que hoje eu diria que se tornou uma habilidade aqui no Cruzeiro. Estou falando de Rafael Cabral e de um interesse da Sampdoria, da Itália, em levar o goleiro do Cruzeiro. Rafael, todo mundo sabe, veio acreditando no projeto do Cruzeiro para um contrato o final de 2024 com o time Celeste. Contrato que está registrado no BID dentro do padrão salarial praticado”, afirmou o setorista.

Trajetória de Rafael Cabral

Primeiramente, o goleiro é lembrado até hoje como o defensor da meta do Santos da era Neymar. Além disso, o arqueiro sorocabano de 30 anos, acumula passagens por clubes como Napoli, Sampdoria, Reading e atualmente no Cruzeiro, além da Seleção Olímpica, em 2012.

Às vesperas da nova temporada

De imediato, a Sampdoria procura un novo goleiro, antes do início da temporada. Além do brasileiro, também está sendo estudado o nome de Nikita Contini, com contrato ligado ao Napoli, está nos planos da equipe de Gênova.

A saber, antes do início da temporada 2022-23, os Blucherchiati terão amistoso contra o Besiktas, em Istambul, neste sábado (30), o último da pré-temporada. Por fim, além dos arqueiros, a Samp procura o retorno de Marko Pjaca, meia que atua na Juventus e de Gonzalo Villar, que está na Roma.

Foto destaque: Divulgação/Thomas Santos