Sampaoli explica motivos da saída de Isco do Sevilla

1 minuto de leitura

Na última quarta-feira (21), o Sevilla anunciou a rescisão de contrato com Isco, um dos principais reforços da equipe para a temporada. Na entrevista coletiva após a vitória na Copa Del Rey, o técnico Jorge Sampaoli explicou os motivos da rescisão contratual do jogador.

A temporada Sevillista é ruim, ocupando apenas a 18ª colocação da La Liga, na zona de rebaixamento. Contudo, retomou os trabalhos nas competições com ótima vitória por 3 x 0 na Copa Del Rey, contra o Juventud Torremolinos, fora de casa.

Sampaoli explica motivos da saída de Isco do Sevilla

Buscando uma recuperação na temporada, o Sevilla retornou para as competições europeia após a pausa para a disputa da Copa do Mundo 2022. Assim, após o começo ruim em La Liga, terminando com a demissão de Julen Lopetegui, o novo treinador do clube, Jorge Sampaoli aproveitou o período para trabalhar a recuperação de sua equipe.

No entanto, os Sevillistas anunciaram uma saída surpreendente. Na última quarta-feira (21), a equipe oficializou a rescisão contratual de Isco. O jogador foi anunciado como reforço em agosto, a pedido de Lopetegui e com o objetivo de recuperar o bom futebol apresentado nos tempos de Málaga Real Madrid.

Dessa forma, após a vitória por 3 x 0 contra o Juventud Torremolinos, o técnico Sampaoli concedeu entrevista coletiva e foi questionado pelos jornalistas os motivos da saída do atleta. “Saiu um jogador com muita qualidade, mas não conseguiu responder às exigências do clube. É um bom rapaz, desejo-lhe o melhor”, disse o treinador.

As expectativas em Isco eram altas, com um ciclo campeão defendendo o Real Madrid. No entanto, não correspondeu em campo. A saber, disputou 19 jogos pelo Sevilla, sendo 12 na La Liga, seis na Champions League e um na Copa Del Rey. Além disso, balançou as redes apenas uma vez e deus três assistências.

Discussão entre Isco e Monchi

A situação de Isco no Sevilla não era boa nos últimos meses. Segundo informações do Relevo, no começo de novembro e antes da pausa para a Copa do Mundo 2022, o jogador discutiu com o diretor esportivo da equipe, Monchi, em uma sessão de treinamentos.

A diretoria alega que o jogador não estava comprometido com a recuperação Sevillista e na luta contra o rebaixamento. Além disso, Isco teria informado que assinou com o clube apenas por ter sido um pedido de Lopetegui.

Por fim, na última partida antes do mundial, pela Copa Del Rey, contra o Velarde, o jogador afirmou que não estava nas melhores condições físicas, mas teria sido obrigado a jogar. Agora, chegaram a um acordo para a rescisão contratual.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.