Rooney lista 12 erros da Inglaterra de Southgate na Eurocopa

7 minutos de leitura

Wayne Rooney listou 12 erros cometidos por Gareth Southgate com a Inglaterra na Eurocopa. O English Team lidera o grupo C com quatro pontos, mas tem tido um desempenho decepcionante.

A equipe venceu a Sérvia e empatou com a Dinamarca sem empolgar. Em coluna no jornal “The Times”, Rooney elencou uma sequência de equívocos dos ingleses na competição europeia e citou como o cenário poderia ser diferente para o time.

Os 12 erros da Inglaterra de Gareth Southgate na Eurocopa segundo Rooney

1 – Alexander-Arnold escalado no meio-campo

Para Rooney, é um erro colocar o lateral-direito como meio-campista. O ex-jogador soltou o clássico “eu avisei” e lembrou que alertou antes da Euro que Arnold no meio poderia ser um erro.

–Sem querer fazer grande coisa e dizer: ‘Eu te avisei’. Vimos dois jogos em que o time que Gareth Southgate decidiu que seria seu melhor XI para o torneio. Não parecia certo em termos de equilíbrio. Escrevi antes do início que jogar contra Trent Alexander-Arnold no meio-campo seria um erro.

Inglaterra redes sociais Eurocopa
Alexander-Arnold pela Inglaterra (Foto: Imago/Action Plus)

2 – Foden jogando no lado esquerdo

Para a lenda, a solução está em sacar Alexander-Arnold do time, recuar Bellingham para a vaga de segundo volante e dar liberdade para Phil Foden como um camisa 10. O ex-atleta crê que o craque do City esteja muito preso no lado esquerdo do campo.

3 – Anthony Gordon começar no banco de reservas

Rooney gostaria de ver Gordon, do Newcastle, jogando como titular. Ele entraria justamente na vaga de Foden, que ocuparia um espaço no meio-campo.

4 – Falta de energia e ritmo dos jogadores

O ídolo do Manchester United apontou para a falta de intensidade dos jogadores nas partidas, o que não se repete com outras seleções. Gareth Southgate se atentou para isso e disse que os atletas estão cansados pela temporada.

5 – Falta de pressão no adversário

A Inglaterra tem apresentado uma dificuldade incrível para realizar uma marcação de pressão nos adversários. Isso tem sido fundamental para os jogos mornos que a equipe protagoniza.

6 – Marcus Rashford, Jack Grealish e Jordan Henderson não terem sido convocados

A convocação de Southgate foi polêmica. O treinador deixou jogadores consagrados de fora, como Grealish, Rashford e Henderson. Para Rooney, o trio deveria estar na Alemanha.

Grealish cortado Inglaterra
Grealish e Southgate pela Inglaterra (Foto: Imago)

7 – Nenhuma coordenação na frente

Rooney notou faltou de coordenação no sistema ofensivo e apontou que os jogadores estão “batendo cabeça”. Segundo o antigo camisa 10, Foden e Bellingham não estão se entendendo.

— Tanto Jude quanto Phil querem chegar à posição 10, mas não estão no momento certo. Phil está entrando muito cedo, deixando uma distância muito grande para Kieran Trippier cobrir e chegar ao ataque.

8 – Falta de comunicação em campo

Rooney ponderou que a ausência de Henderson atrapalha a presença vocal em campo. Segundo o técnico do Plymouth Argyle, o volante é muito comunicativo em campo, o que contagia e ajuda os outros companheiros.

–Tendo jogado com Henderson posso dizer que ele é muito barulhento e excelente na organização da pressão. Rice é bastante vocal, mas não no mesmo nível, e não acho que Trent seja muito falador em campo. Quem jogar no meio-campo no próximo jogo terá que estar no ouvido de Harry e apoiá-lo.

9 – Substituições ruins

Rooney condenou as substituições de Southgate, tratadas como conservadoras e medrosas por muitos. No último jogo, o comandante tirou Kane, Foden e Saka no mesmo momento para colocar Bowen, Eze e Watkins. Seis por meia dúzia. Para o ídolo do United, Palmer e Gordon deveriam ter entrado.

Palmer-Inglaterra
Palmer pela Inglaterra (Foto: Icon Sport)

10 – Teimosia

Para o ex-atacante, o treinador está sendo teimoso em não admitir que errou.

11 – Jogadores trocando de posição muito cedo

Rooney vê jogadores afobados na Inglaterra. Ele acha que os jogadores estão se movimentando muito cedo, o que está lotando o meio-campo e tornando fácil a missão de defender contra a seleção.

12 – Pensar demais com tantas opções

Com muitas alternativas no elenco, Southagte tem se atrapalhado e acaba pensando muito antes de tomar uma decisão, na visão de Rooney.

O próximo jogo da seleção inglesa será na terça-feira (25), contra a Eslovênia, às 16h (de Brasília). O país sonha com o primeiro título europeu de sua história.

Inglaterra na Eurocopa (Foto: Imago/Sportimage)
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.