‘É um prisioneiro’: Rooney ataca conduta de Tottenham com Kane

6 minutos de leitura

Harry Kane é um dos nomes mais badalados do mercado da bola na atual janela de transferências. Ele voltou a jogar pelo Tottenham na estreia da pré-temporada, mesmo com chances de deixar o clube. Um dos grandes ídolos do Manchester United, Wayne Rooney já sabe para onde o centroavante deveria ir.

Em entrevista ao jornalista David Ornstein, do site britânico “The Athletic”, Rooney disse que o atacante está “aprisionado” nos Spurs e que deveria deixar o clube de Londres para a temporada que se inicia.

O atual técnico do D.C. United, inclusive, foi ultrapassado na lista de artilharia da história da Premier League pelo próprio camisa 10 dos londrinos na última temporada: seus 208 gols agora estão em 3º lugar, com os capitão inglês somando 213 atualmente.

Rooney quer Kane no Manchester United

Na entrevista, o jornalista do “The Athletic” ressaltou a necessidade do clube em um camisa 9 — posição que é tratada como prioridade pela diretoria — e o ex-atacante dos Red Devils foi convicto: quer o jogador dos Spurs.

— Claro (que precisa de um centroavante), e como disse, Harry Kane seria o jogador ideal para mim – afirmou.

Harry Kane antes de um jogo do Tottenham - Foto: Icon Sport
Foto: Icon Sport

Para o treinador na MLS, o maior artilheiro da história dos Spurs está sendo mantido como prisioneiro em Londres e deveria ir para Old Trafford.

— Parece que ele está sendo mantido como prisioneiro no Tottenham, parece muito difícil para ele sair de lá. Acredito que se o Manchester United tivesse o Kane, isso os daria chances de vencer e competir, seria muito mais fácil – revelou o ídolo dos Red Devils.

“Mas o que vai acontecer ainda está em aberto”, terminou o ex-jogador. O jogador do Tottenham teve muitas conversas com o Bayern de Munique, até mesmo um café da manhã com a diretoria do clube, e disse que gostaria de jogar nos gigantes alemães.

O time de Londres, por sua vez, tenta renovar seu contrato. No novo acordo, ele seria o segundo jogador mais bem pago da Premier League, com 400 mil libras por semana de salário – atrás apenas de Haaland.

Situação do Manchester United

O ex-atacante chegou como jovem promessa, aos 18 anos, e saiu como ídolo em Old Trafford. Foram 12 títulos em 13 anos e viu de dentro o comando dos Glazers no clube. Para ele, os proprietários fizeram bem para a equipe, mas a mudança já se faz necessária.

— Eles têm sido muito bem-sucedidos, mas provavelmente chegou a um ponto em que os torcedores realmente desejam uma mudança. Eles querem talvez seguir em uma direção diferente. É preciso trazer de volta essa empolgação, não apenas para o time principal, mas também para desenvolver a academia e nos bastidores – disse o atual treinador.

Com a briga entre possíveis proprietários para os Red Devils, com Sheikh Jassim e Jim Ratcliffe na disputa, os Glazers devem sair de cena, mas Rooney acredita que eles terão o reconhecimento que merecem “pelo que fizeram pelo clube”.

“Rashford vai quebrar meu recorde”

Mesmo que não consiga contratar Kane, os Red Devils receberam outra dica do ídolo: Kylian Mbappé. Segundo ele, esse é o tipo de estrela que o United precisa ser capaz de mirar novamente se quiser competir pelos maiores prêmios. Ainda assim, ressalta que o francês deve ir ao Real Madrid e espera que Rashford assuma o protagonismo.

Rashford em ação pelo Manchester United - Icon Sport
Rashford em ação pelo Manchester United – Icon Sport

— Ele teve uma temporada fantástica. O desafio para o Marcus agora é fazer isso pelos próximos cinco, seis, sete anos e realmente levar seu legado a um novo patamar. Porque ele é um jogador que poderia facilmente quebrar meu recorde de gols – revelou.

O técnico do time da MLS tem 253 gols em 559 jogos com a camisa vermelha e é o principal artilheiro da história do clube. Rashford, que está há sete anos no time principal, tem 123 gols e é o 18º na lista.

— O desafio para Marcus agora é manter o bom momento pelos próximos cinco, seis, sete anos e realmente levar seu legado a um novo nível – disse.

De Gea e Maguire: saídas são justas?

O goleiro espanhol foi companheiro de Rooney por seis anos e deixou o clube de forma amarga no início de julho. Segundo o ex-atacante, este foi o momento certo para De Gea sair.

maguire united
Foto: Icon Sports

Sobre Maguire, o ídolo dos Red Devils tem opinião dura, mas “progressista”: acredita que o zagueiro deve sair da equipe para buscar o tempo de jogo que não terá em Old Trafford.

— Ter a braçadeira retirada, como ele segue em frente com o clube? Isso mostra que o treinador realmente não acredita nele. Deixa Harry em uma posição em que ele precisa pensar no que fazer no futuro. Tenho certeza de que Harry vai querer jogar – por si mesmo, por sua carreira na Inglaterra – para se colocar na melhor posição possível para ter o máximo de sucesso. A melhor coisa agora é provavelmente ele se mudar – afirmou.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]