Há 16 anos, Ronaldinho Gaúcho brilhava, e a Inglaterra dava adeus à Copa

Ingleses foram dominados pela seleção brasileira em 2002

Há 16 anos, Ronaldinho Gaúcho brilhava, e a Inglaterra dava adeus à Copa
Arquivos/ CBF

Vamos relembrar um dos jogos mais marcantes das Copas do Mundo, a derrota da Inglaterra – de virada – para o Brasil, no Mundial de 2002. A Inglaterra começou o jogo com os quatro meias esperando o Brasil, alinhados na intermediária, protegendo os quatro defensores. Cada lateral do campo estava congestionada com dois jogadores ingleses.

Inglaterra
England team group

Leia mais: Conheça Kim Little, a pequena gigante capitã do Arsenal Women

Trevor Sinclair e Ashley Cole pela esquerda, e David Beckham e Danny Mills pela direita. A Inglaterra vinha recheado de estrelas, como David Beckham, Michael Owen, Paul Scholes, Rio Ferdinand, dentre outros.

O gol inglês saiu de uma falha da defesa brasileira, logo aos 22 minutos. O passe de Emile Heskey no meio era para Michael Owen.

O zagueiro Lúcio chegou na frente, mas matou mal a bola e a entregou nos pés do atacante. O atacante entrou na área sozinho e tocou na saída de Marcos para abrir o placar. 

Quando tudo parecia ótimo para a Inglaterra, a estrela de Ronaldinho Gaúcho brilhou: arrancada espetacular e o passe perfeito para Rivaldo, que tocou no canto direito de Seaman para empatar, aos 47 minutos. 

Leia mais: O que explica o sucesso do futebol feminino na Inglaterra?

No começo da segunda etapa, a estrela de Ronaldinho brilharia novamente. Em cobrança de falta, toda a defesa inglesa, inclusive o adiantado goleiro David Seaman, esperava o cruzamento. Ronaldinho, no entanto, encobriu o goleiro e acertou um gol antológico para desempatar. 

No futebol, o jogador pode ir do inferno ao céu em minutos. Ronaldinho Gaúcho era o nome da partida, mas logo após o gol, o meia brasileiro entrou forte em Mills e foi expulso.

Com um a mais em campo, os ingleses não aproveitaram a superioridade numérica em campo e saíram de campo com o gosto amargo da eliminação. 

Arquivos/ CBF

Retrospecto de Inglaterra x Brasil

Nas três vezes em que Inglaterra e Brasil se enfrentaram em Copas do Mundo (0 a 0 em 1958, 3 a 1 em 1962, 1 a 0 em 1970, 2 a 0 em 2002), a equipe brasileira foi campeã do torneio.

As seleções já se enfrentaram em 25 oportunidades com 11 vitórias brasileiras, dez empates e quatro triunfos dos ingleses.

Jogando na Inglaterra, os donos da casa possuem uma vantagem miníma. Em 11 confrontos venceram três, empataram seis e o Brasil triunfou em duas oportunidades.

O primeiro jogo entre as seleções ocorreu no dia 9 de maio de 1956, com vitória dos ingleses pelo placar de 4 a 2. Naquela ocasião, os gols brasileiros foram marcados por Paulinho e Didi.

Uma única vez a Inglaterra venceu o Brasil em solo brasileiro. E foi em grande estilo. Em junho de 1984, uma seleção brasileira desfigurada (jogadores que estavam fora do País, como Zico, Sócrates e Falcão, não foram convocados) enfrentou os ingleses no Maracanã e foi batida sem piedade por 2 a 0.

A torcida inglesa ainda se lembra com orgulho do primeiro gol da partida, marcado por John Barnes, depois de driblar metade do time brasileiro. Uma obra de arte de um jogador que poderia perfeitamente estar jogando de amarelo naquele dia.