Ronald Koeman fala sobre a atual fase do Barcelona

Barcelona Koeman
Foto: Divulgação/ Miguel Ruiz - FC Barcelona

Ronald Koeman leu um pequeno comunicado na entrevista coletiva desta quarta-feira (22). Em resumo, o atual técnico do Barcelona comentou um pouco sobre a atual fase do time. Contudo, não disse nada sobre o jogo diante da equipe do Cádiz, que acontece nesta quinta-feira (23), às 17h (horário de Brasília).

Uma entrevista coletiva diferente

Após empatar em 1 x 1 diante do Granada no Camp Nou, a pressão em cima de Koeman aumentou. Ou seja, torcedores e também a mídia não gostam do trabalho realizado pelo holandês. Além disso, nesta semana, alguns rumores de que o Barcelona estaria procurando um outro técnico, veio a tona. Entretanto, nada foi confirmado pelo Barça.

Dessa forma, nesta quarta-feira (22), estava previsto uma entrevista coletiva para o jogo diante do Cádiz. Todavia, o treinador leu um comunicado sobre a atual situação do time e não respondeu nenhuma pergunta dos repórteres.

“O clube está, comigo como treinador, em uma situação de reconstrução. A situação financeira do clube está ligada às decisões desportivas e vice-versa. Isto significa que nós, como comissão técnica, temos que reconstruir o time sem poder fazer grandes investimentos”.

Além disso, o comandante disse sobre os jovens garotos que fazem parte do elenco nesta temporada. Comentou que os atletas podem chegar a ser estrelas mundiais em alguns anos.  Por fim, Ronald Koeman encerrou a entrevista pedindo apoio dos torcedores para superar a crise do Barcelona.

“Não é a primeira vez na história do clube que isso acontece. Contamos com o apoio de vocês nesses tempos difíceis. Nós, como comissão e os jogadores, estamos muito felizes com o grande apoio dos torcedores como tivemos no jogo em casa contra o Granada. Visca el Barça. Obrigado”.

Ronald Koeman ameaçado no cargo de treinador

No jogo contra o Granada, Koeman colocou em campo um Barcelona sem poder de criação e com alguns jogadores fora de suas respectivas posições. Assim, o time sofreu para jogar o confronto. Além disso, levou um gol logo no início, que atrapalhou mais os planos do Barça.

Na segunda etapa, com poucas opções no banco de reservas, Ronald optou por colocar Piqué como centroavante. Isso mostrou a falta de peças que o elenco possui e a ausência de qualidade na criação.

Por fim, Ronald Koeman precisa da vitória diante do Cádiz. Uma derrota pode significar o fim da passagem do holandês como técnico do Barcelona.