Roma x Juventus: história e números desse clássico

Roma x Juventus: história e números desse clássico
Buffon e Totti se cumprimentam antes de um Roma x Juventus Reprodução: AP/La Presse

Neste domingo (9), às 14h30, acontece um dos jogos mais tradicionais da Bota: Roma x Juventus, partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Italiano 2021/22. A saber, o confronto, chegará ao capítulo 196, sendo uma das partidas mais antigas do país.

Fatos históricos de Roma x Juventus

Em resumo, a história desse confronto começou logo após a fundação da Roma. A saber, a Juventus é 30 anos mais velha que a Giallorossi. Os Bianconeri nasceram em 1897, enquanto em junho de 1927, numa fusão dos clubes Alba, Fortitudo e Roman, foi fundada a AS Roma.

Nesse sentido, o primeiro confronto entre as equipes ocorreu em novembro de 1927, cinco meses após o nascimento do time da capital. Na ocasião, o embate terminou em 0 x 0. Por outro lado, os confrontos seguintes entre as equipes não continuariam monótonos como o primeiro. A Juventus venceria os quatro próximos embates e, o primeiro vencido pela Roma, foi logo com a maior goleada do clube sobre a Juventus na história: 5 x 0, em 1931. Todavia, no ano seguinte, a Vecchia Signora devolveria a goleada com juros, estabelecendo sua maior vitória sobre a equipe romana: 7 x 1.

Estatísticas

Em suma, segundo o site OGol, o confronto ocorreu em 195 oportunidades, com a Juventus saindo vitoriosa em 93 deles, a Roma em 48 e o empate prevaleceu em 54 ocasiões.

Grandes personagens desse clássico

A saber, o recordista de partidas é o lendário Francesco Totti, que duelou frente à Juventus em incríveis 38 jogos. Totti marcou 10 gols e deu 12 assistências contra os Bianconeri. Todavia, o artilheiro do confronto é do lado alvinegro, Alessandro Del Piero foi às redes 13 vezes e deu duas assistências em 30 partidas contra a Loba.

O brasileiro Dino da Costa, o montenegrino Mirko Vučinić e o polonês Zbigniew Boniek são alguns personagens que vestiram a camisa de ambos. Este último guarda consigo um fato curioso. Em 2010, Boniek foi inserido em uma lista feita pela própria Juventus com os 50 principais jogadores de sua história. Contudo, o ex-atacante criticava sistematicamente a diretoria do clube, fazendo com que as torcidas organizadas do clube, enfurecidas, pedissem sua retirada da lista. Atualmente, Boniek vive em Roma e, segundo a imprensa e o público italiano, o polonês guarda mais no coração a equipe giallorossa do que a bianconera. Mesmo tendo feito parte da equipe campeã europeia em 1985.

Apesar de sempre demonstrarem respeito um pelo outro, a mídia sempre aqueceu o debate de quem foi melhor (Foto: Reprodução/Getty Images)

Como chegam Roma e Juventus para o clássico?

Em resumo, a Roma faz um campeonato muito instável. A equipe comandada por José Mourinho chegou a liderar o Calcio no início da competição, inclusive com uma vitória emocionante sobre o Sassuolo no Estádio Olímpico nos minutos finais. Todavia, o time não manteve o ritmo e acabou caindo pelas tabelas, na estreia do time na Serie A em 2022, acabou perdendo por 3 x 1 para o Milan, no San Siro. A saber, a Loba ocupa a 7ª posição, fora da zona de classificação para competições europeias, mas com o mesmo número de pontos (32) de sua eterna rival Lazio, que ocupa a 6ª posição e da Fiorentina, a 8ª.

Por sua vez, a Juventus, 5ª colocada, fez um péssimo início de temporada. Assim, passou as quatro primeiras rodadas sem vencer. Contudo, aparentemente, a má fase ficou pra trás, visto que os bianconeri não perdem desde novembro, porém, há controvérsias nas performances do time, sendo questionadas até pelos jogadores, que sabem que podem render mais. Na estreia em 2022, o time ficou no empate, em casa, contra o Napoli, por 1 x 1.

Além disso, se não perde há quase dois meses, a Juventus não sabe o que é vencer três partidas seguidas desde a temporada passada.

Por fim, esse embate acontece neste domingo (9), às 14h30 (horário de Brasília). Portanto, o prognóstico, o resultado e os melhores momentos deste grande jogo você encontra aqui, na Premier League Brasil.