Roma – História, estatísticas e conquistas

O Associazione Sportiva Roma S.p.A ou simplesmente Roma, é um clube italiano, com sede em Roma. Fundada no dia 7 de junho de 1927, a Roma é um dos clubes de futebol mais bem sucedidos da Itália.

Informações importantes sobre a Roma

  • Estádio: Estádio Olímpico de Roma
  • Capacidade: 70.634
  • Mascote: Romolo (lobo)

Trajetória da Roma, fundação, conquistas e ascensão

Uma das cidades mais famosas do mundo, também tem seu time mais famoso. A Roma não é conhecida por ter uma galeria extensa de troféus, comparado a seus adversários italianos, mas, sim, pela tradição e, alguns rumores, pela paixão de sua torcida, comprovada.

Criado em 1927, a equipe foi crescendo aos poucos. Desse modo, o primeiro Scudetto da Roma veio na temporada 1941-42, graças aos gols do atacante Amedeo Amadei. Ao término da 2ª Guerra Mundial, o clube enfrentou problemas financeiros e perdeu muitos de seus jogadores, tendo que ir novamente ao mercado da bola para se reconstruir. 

Sendo assim, em 1951 a equipe caiu para 2ª divisão, retornando com a conquista da Serie B logo no ano seguinte. Ainda nos anos 50 houve a inauguração do famoso Estádio Olímpico de Roma, onde o time passaria a jogar.

Na década de 60, a Roma conquistou seus dois primeiros títulos de Copa Itália, em 1963-64 e 1968-69. No entanto, neste período o time não conseguiu fazer frente no Campeonato Italiano.

“O rei de Roma”

A fase de ouro da Roma ocorreu nos anos 80, especialmente após a chegada do brasileiro Paulo Roberto Falcão. Com ele, o clube voltou a vencer o Campeonato Italiano 41 anos depois, na temporada 82-83.

Além disso, ganhou duas Copa Itália (80-81 e 83-84), e chegou à primeira final de Liga dos Campeões, no seu Estádio Olímpico, em 1984. Mas, perdeu o título europeu para o Liverpool, nos pênaltis.

Contudo, depois dessa grande fase, o clube entrou em um período muito ruim na década seguinte, conquistando somente uma Copa Itália (1990-91). Ainda assim, viu surgir nesta época aquele que seria seu ídolo máximo, que jamais disse sim para o uma proposta no mercado da bola.

Mercado de Transferências da Roma

Em suma, sendo um clube com uma história antiga, vitoriosa e muito bonita, certamente a Roma teve grandes jogadores e até treinadores que ajudaram a construir e continuar a bela história do clube.

Então, separamos cinco nomes, atuais e do passado. No Mercado de Transferências, a Roma trouxe alguns nomes que eventualmente se tornaram ídolos.

Francesco Totti – maior da história

Francesco Totti recusou inúmeras propostas do mercado de transferências para permanecer leal e defender somente a Roma. É o maior em gols e jogos na história do time. 

Falcão – mudou o patamar?

Alguns rumores apontaram que Falcão mudou o patamar e a mentalidade do clube. Fundamental no Scudetto que não vinha há mais de 40 anos, o Rei de Roma ainda conquistou três Copas da Itália e quase ganhou a Liga dos Campeões de 1984, perdida nos pênaltis.

Aldair – um dos grandes nomes do clube

Aldair jogou por 13 temporadas no time da capital e conquistou três títulos. Além disso, chegou a ter a camisa 6 aposentada durante anos pelo clube. Entretanto, após alguns rumores no mercado da bola, a camisa foi liberada novamente.

Adriano – o imperador

Em 2010 chega à Itália o que seria um de seus grandes jogadores: Adriano. No mercado da bola, o clube viu a oportunidade de trazer o centroavante brasileiro. O resto é história, não atoa apelidado de AdrianoImperador'.

Patrik Schick – a contratação mais cara da história

O mercado da bola foi agitado para o clube em 2018, que trouxe o atacante sueco Patrik Schick junto a Sampdoria por 42 milhões de euros (R$ 211,7 milhões). Até hoje ninguém superou seu valor.