Rodrigo Moreno – Mercado da bola, transferências, rumores e estatísticas

Rodrigo Moreno Machado, conhecido apenas como Rodrigo Moreno, é um jogador de futebol brasileiro, naturalizado espanhol, que atua como meia atacante. O atleta nasceu no dia 6 de março de 1991, no Rio De Janeiro e atualmente defende as cores do Leeds United, da Inglaterra.

Rodrigo Moreno – Início de carreira

A saber, Rodrigo Moreno iniciou sua trajetória na base do Celta de Vigo, atuando ainda pela equipe juvenil. Antes de tudo, no ano de 2009 foi promovido para a equipe do Real Madrid C, jogando até 2010 como titular, marcando 4 gols.

Trajetória, conquistas e highlights de Rodrigo Moreno

Rodrigo Moreno está consolidado no mercado da bola e é um dos grandes jogadores vitoriosos que passaram pelos principais clubes da Europa. O atacante marcou mais de 200 gols na carreira e se tornou artilheiro da Copa do Rei no ano de 2019 com cinco gols.

Ainda pelo Valência, participou de uma goleada histórica por 6 x 2 contra o Huesca, contribuindo para a goleada com dois gols. Entretanto, sofreu sete gols do Barcelona, sendo essa a maior derrota da sua carreira.

Por fim, para se ter uma ideia, o seu valor de mercado no ano de 2010 era de apenas 4,50 milhões. Anos mais tarde, em 2010, o auge de seu passe chegava à 50 milhões.

Transferências e mercado da bola de Rodrigo Moreno

Certamente, Rodrigo fez grande sucesso pelos clubes que passou, principalmente no Benfica, Valência e Leeds. A cada começo de mercado da bola, havia rumores envolvendo seu nome, obviamente pela importância do atleta em cada equipe. Em suma, vamos conferir cada clube que Rodrigo Moreno atuou na sua carreira, destacando o Benfica, onde virou ídolo.

Benfica

Primeiramente, No mercado da bola de 2010, assinou contrato por cinco anos com o Benfica, sem valores anunciados até hoje. Rodrigo estreou pelo clube de Portugal sem balançar as redes. Em seguida, começou a ser vaiado pelos adeptos do Benfica, o que acabou resultando na sua saída do clube, retornando anos mais tarde para fazer história.

Bolton

Após uma passagem apagada pelo Benfica, no mercado de transferências de 2010, foi emprestado para o Bolton, da Inglaterra, que naquela ocasião disputava a Premier League. A sua estreia pela equipe inglesa viria contra o Burnley, na Copa da Liga Inglesa, em setembro de 2010.

Assim como, fez sua estreia na Premier League contra Wigan, saindo do banco de reservas. Apesar de ter marcado apenas um gol em 21 jogos, Rodrigo fez uma grande temporada, tanto que o Benfica exigiu seu retorno para disputar a pré-temporada e compor o elenco.

Retorno ao Benfica

No seu retorno, o então técnico Jorge Jesus, ficou bastante impressionado com a evolução de Rodrigo Moreno, elogiando diversas vezes o talento do jogador, que garantiu a sua consolidação no forte ataque do Benfica, junto do paraguaio Óscar Cardozo, e os brasileiros Alan Kardec e Lima.

Agora, depois do seu retorno, Rodrigo viria a ser um dos ídolos da história dos encarnados, conquistando duas vezes a Taça da Liga de Portugal (2012 e 2014), uma vez a Taça de Portugal (2014) e um título do campeonato nacional de 2014.

Valencia

Vivendo o seu auge na Europa, Rodrigo se transferiu para o Valência no mercado da bola de 2014, após alguns rumores. Posteriormente, anunciou que seria jogador do clube espanhol em definitivo.

O atleta atuou de 2014 até o ano de 2020, se mudando da Espanha para retornar á Inglaterra, desta vez para o Leeds United. Pelo Valência conquistou a Copa do Rei de 2019. Ao todo, foram 220 jogos e 60 gols marcados.

Leeds

Após rumores envolvendo seu nome em alguns clubes da Inglaterra, o Leeds acertou sua contratação por R$ 180 milhões no mercado de transferências de 2020. Na última rodada da Premier League temporada 2021/22, ajudou o clube fugir da zona de rebaixamento na última partida, derrotando o Brentford por 2 x 1. Até o momento, o espanhol possui 13 gols marcados em 61 jogos.

Seleção Espanhola

Rodrigo Moreno iniciou competindo no sub 19 da Espanha, contribuindo para a 2ª colocação na Eurocopa da categoria no ano de 2010 com dois gols, inclusive um na final contra a França.

No ano seguinte, atuou pela equipe sub 20 na Copa do Mundo que foi disputada na Colômbia. No torneio marcou três gols e conduziu sua seleção até as quartas de final, eliminada nos pênaltis para o Brasil.

Em setembro de 2011, estreou pelo time espanhol sub 21 marcando logo de cara três gols diante da Geórgia, nas eliminatórias da Eurocopa 2013. Dois anos depois, se tornou o maior artilheiro da categoria, superando o recorde de Óscar Garcia, que era mantido desde 1992.

Posteriormente, foi convocado para integrar a equipe nas Olimpíadas de Londres, em 2012. Contudo, não foi o suficiente para levar a sua seleção adiante, ficando em último lugar em seu grupo com apenas um ponto.

Finalmente, em outubro de 2014 chegou a tão esperada convocação para a seleção principal. Naquela ocasião, o técnico Vicent Del Bosque levou o atleta de 23 anos para disputar as eliminatórias para a Euro de 2016, na França.

A sua estreia aconteceu contra Luxemburgo, substituindo Diego Costa. Portanto, levou a Espanha para Eurocopa, que acabou sendo eliminada nas oitavas de final para a Itália.

Enfim, levando em consideração os jogos dos times de base e principal, Rodrigo Moreno marcou no total 32 gols em 66 partidas, conquistando o troféu da Eurocopa sub 21 em 2013.

Vítor, 32 anos, natural de Criciúma-SC, apaixonado por esportes, especialmente por futebol. Já escrevi para alguns portais de Criciúma e região, e atualmente estou no portal 4oito de Criciúma. Tenho um blog que leva meu nome, Vítor Rizzatti e escrevo de um a dois posts por semana, abordando temas atuais no âmbito esportivo. Faço jornalismo digital na Uniasselvi e estou na 1 fase.
Artigo anteriorPalpite, prognóstico e odds para Magpies x Crusaders – 05/07
Próximo artigoCity perto de vender joia de sua base