Rennes – História, estatísticas e conquistas

Rennes – História, estatísticas e conquistas
Rennes – História, estatísticas e conquistas

Stade Rennais Football Club é um time de futebol da cidade de Rennes, na França, que atua na Ligue 1, a elite do esporte no país. No Brasil é conhecido simplesmente como Rennes. Além disso, o clube atua no Estádio Roazhon Park, que tem capacidade para 29 mil torcedores.

A saber, o clube fundado em 1901 e leva a alcunha de Les Rouge et Noir (Os Vermelhos e Pretos), uma expressão francesa equivalente a “Rubro-Negros”. Seus maiores títulos na história são três Coupe de France, a mais recente ganhada diante do PSG de Neymar.

Trajetória do Rennes: fundação, conquistas e ascensão

Rennes foi fundado em 1901, sendo um dos times de futebol mais antigos da França. A saber, tudo começou com um grupo de estudantes de um clube poliesportivo em Rennes. Eles disputavam bem nos torneios locais e rivalizavam com outra equipe da cidade: o Stade Rennais Université-Club, que era um time de faculdade.

Rumores de que ambos eram tão aclamados na cidade, e tão reconhecidos, que se fundiram para levar o nome da cidade ao cenário do futebol nacional. Assim nasceu o Stade Rennais, ou somente Rennes, que ingressou na Liga Francesa em 1908. Além disso, participou do grupo de clubes que fundaram a Ligue 1 em 1932.

A saber, a melhor fase do Rennes foi na década de 1960, quando venceu duas Coupe de France, e brigava em cima na Ligue 1. Em seguida, sofreu alguns rebaixamentos. Mas, retornando nos anos 90, se firmou na 1ª divisão.

Mercado de Transferências do Rennes

De fato, o Rennes é um clube que sempre está comprando e vendendo bons jogadores no mercado de transferências. Além disso, volta e meia contrata um jogador muito famoso. Dessa forma, conheça atletas que foram rumores do clube no mercado da bola e deram muito certo com sua camisa.

Alex Frei, do Servette por €1,5 milhão, em 2002/03

De fato, o maior jogador da história do Stade Rennais é o suíço Alex Frei, estrela da sua seleção, e que marcou época no Borussia Dortmund. A saber, antes desse sucesso todo, o centroavante atuou pelo Rennes, chegando no mercado da bola da temporada 2002/03 por 1,5 milhão de euros junto ao Servette. Em resumo, com a camisa vermelha e preta fez 52 gols em 117 jogos, se firmando como maior artilheiro da história.

Jimmy Briand, do Clairef por €0, em 2001/02

Outro jogador famoso que teve uma passagem pelo Stade Rennais antes do sucesso foi o atacante Jimmy Briand. A saber, marcou época no Lyon mais tarde, ao lado de atletas como BenzemaJuninho. Em resumo, pelo Rouge et Noir, o francês chegou a custo zero no mercado da bola de 2001/02 e fez 43 gols em 211 jogos. Em 2022/23, diputará a Ligue 2 com o Bordeaux.

Benjamin Bourigeaud, do Lens por €3,5 milhões, em 2017/18

Com 42 gols em 220 jogos pelo Stade Rennais, o volante Benjamin Bourigeaud é o terceiro maior artilheiro da história do clube. A saber, ele tem 28 anos e chegou ao Rennes em 2017/18, vindo do Lens por 3,5 milhões de euros no mercado da bola. Em suma, ele ainda está no clube, sendo um dos atletas mais importantes desse time.

Olivier Monterrubio, do Nantes ao Rennes por €3 milhões, em 2001/02

O atacante Olivier Monterrubio foi comprado pelo Stade Rennais em 2001/02 por 3 milhões de euros no mercado de transferências. A saber, a maior curiosidade dessa transferência é que ele estava jogando muito no arquirrival Nantes, fazendo muitos gols mesmo. Assim, o Rouge et Noir pagou a multa rescisória, que era considerada alta na época. No clube, o centroavante fez 41 gols em 216 jogos, justificando o investimento.

Shabani Nonda, do Zurich por €6 milhões, em 1998/99

Por fim, um grande investimento do Stade Rennais no mercado da bola foi o atacante Shabani Nonda. A saber, rumores de que era considerado uma grande revelação. Assim, o clube buscou o atacante no modesto Zurich FC, da Suíça, por 6 milhões de euros. Após fazer 37 gols em 77 jogos foi vendido para o Monaco por 20 milhões de euros.