Reece James – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
303
Reece James

Reece James é um jogador de futebol profissional inglês. A saber, nasceu no dia 8 de dezembro de 1999, em Redbridge, na Inglaterra. Atualmente, o lateral-direito veste a camisa do Chelsea. Em suma, a jovem promessa é possivelmente o sucessor de Cezar Azpilicueta na lateral/ala direita do clube londrino, além de movimentar recentemente o mercado de transferências.

Reece James – Início de carreira

A princípio, James iniciou sua jornada no mercado da bola aos seis anos de idade, em um time local chamado Kew Park Rangers. Assim, foi onde chamou a atenção dos olheiros do Chelsea. Logo passou pela peneira do gigante inglês e iniciou sua trajetória na categoria de base. Jogou ao lado de jogadores que hoje são destaque da equipe principal dos Blues, como Mason Mount e Trevor Chalobah.

Trajetória, Conquistas e Highlights de Reece James

Com seus 13 a 14 anos de idade, com dificuldades em relação ao seu peso, o jovem de Redbridge encontrou problemas para assinar seu primeiro contrato. Isso aconteceu pois não conseguia jogar uma partida completa. Abatido com a situação, James iniciou um cronograma de treinamento especial com um preparador físico.

Renascendo das cinzas, Reece James se tornou um ótimo jogador de meio campo e na defesa. Enfim, aos 17 anos de idade se tornou atleta profissional – no ano de 2017. Naquela temporada foi capitão da equipe na campanha do titulo da FA Cup e a Liga Juvenil, além do vice-campeonato da Liga Juvenil da UEFA. Após o sucesso em 2017/18, James foi eleito o melhor jogador do Chelsea neste ano, chamando atenção no mercado de transferências.

Empréstimo ao Wigan 

Em suma, após rumores de um possível interesse do Crystal Palace, no verão de 2018, James assinou um contrato de renovação de quatro anos com os Blues, movimentando o mercado de transferências. No entanto, em seguida foi emprestado ao Wigan Athletic. No clube, jogou 45 partidas na temporada, se tornou um jogador chave para equipe na Championship.

Por fim, na temporada 2018/19, Reece James foi duas vezes escolhido como Jogador do Mês na equipe do Wigan. Com três gols marcados, e três assistências, chegou à expressiva marca de 91 desarmes naquela temporada. Ademais, o lateral também teve 71% de sucesso em seus passes. Assim, foi a maior média de passes para um defensor na competição.

Volta ao Chelsea

O Chelsea, após ver sua grande promessa ser nomeado Jogador do Ano 2018/19 do Wigan e estar na equipe do ano da Championship, deu fim ao agito que se criava no mercado da bola e reintegrou o jovem lateral a sua equipe. Dessa forma, em março de 2019, James estreou contra a Grimsby Town pela Copa da Liga Inglesa. Além disso, se tornou o mais jovem jogador do Chelsea a marcar pela UEFA Champions League, contra o Ajax.

Na temporada 2020/21, após a saída de Frank Lampard e com a chegada de Tomas Tuchel no comando dos Blues, James perdeu espaço para Cesar Azpilicueta no esquema 3-4-3. Entretanto, logo tornou-se titular da equipe jogando pela ala direita, na qual foi escalado na final da UEFA Champions League e sagrou-se campeão sobre o Manchester City e vice-campeão da FA Cup, sendo derrotado pelo Leicester City.

Transferências e Mercado da Bola de Reece James

Em síntese, após grande temporada pelo Wigan na temporada 2018/19, James agitou o mercado da bola. Quando alguns rumores indicavam que o Crystal Palace se mostrou interessado na contratação do lateral após a venda de Aaron Wan Bissaka para o Manchester United, James se tornou o principal cotado como seu substituto. No entanto, o negócio não evoluiu.

Em suma, após os rumores que indicavam uma possível saída de Reece James no final da temporada, o Chelsea ofereceu uma renovação de contrato, o que acabou esfriando o mercado da bola. Assim, o jovem lateral se manteve nos Blues. Por fim, o atleta integrou-se na equipe de Frank Lampard na temporada de 2019/20.

Seleção Inglesa 

A princípio, James foi peça-chave da seleção sub-17 da Inglaterra, que triunfou no Torneio de Toulon no verão de 2017. A saber, o jovem impressionou. Foi nomeado na equipe da competição. Ele viajou para o Campeonato Europeu Sub-19 no mesmo ano, antes de subir para o nível sub-21 em outubro de 2019.

Por fim, no ano de 2021, o lateral dos Blues acabou sendo convocado pelo técnico Gareth Southgate para compor a seleção inglesa para a Eurocopa. Contudo, James foi titular em apenas um jogo, diante a Seleção da Escócia na fase de grupos. Assim, foi vice, depois da Seleção Inglesa perder nos penais para Seleção Italiana na final.