Real Madrid – História, conquistas e estatísticas

Real Madrid – História, conquistas e estatísticas
Real Madrid Club de Fútbol

Real Madrid Club de Fútbol é um dos maiores times de futebol da Espanha e do mundo. Em 2022, completou 120 anos de história.

A equipe manda seus jogos no Santiago Bernabéu, estádio que tem capacidade para 81.044 telespectadores.

Real Madrid Club de Fútbol

Real Madrid foi fundado no dia 6 de março de 1902, sob o nome de Sociedad Madrid Foot-Ball Club, pelos irmãos Juan e Carlos Padrós. O período de fundação do clube é confuso e até hoje não se sabe ao certo o que aconteceu.

No entanto, a sua documentação foi aprovada em março de 1902 e, no mesmo ano, a equipe teve uma alteração no seu nome para Madrid FC.

Decerto, em 1920, o rei Alfonso XIII concedeu o título de Real ao clube. Assim, seu nome se transformou em Real Madrid Foot-Ball Club. Anos depois, com o governo autoritário que se instaurava na Espanha, o time teve que alterar seu nome, pois era proibido o uso de outras línguas sem ser o castelhano.

Real Madrid – fundação, conquistas e ascensão

Real Madrid dispensa apresentações. Decerto, é um dos maiores clubes da Espanha e do mundo. Assim, é um dos times com mais títulos nacionais, atrás apenas do Barcelona (66-70).

Real acumula 35 Ligas Espanholas (1º com mais títulos), 19 Copa do Rei (3º) e 12 Supercopa da Espanha (2º).

Em competições europeias, sobra como ninguém. São 14 Champions League, sendo o maior campeão da história, com sete a mais que o 2º time com mais títulos. Além disso, são duas Europa League e quatro Supercopa da Uefa. Ademais, conquistou quatro Mundiais da Fifa e três Intercontinentais.

Por fim, é um dos únicos clubes, junto de Barcelona Athletic Bilbao, que nunca foram rebaixados e disputaram todas as edições da Liga desde sua fundação, em 1929.

Mercado de transferências do Real Madrid

Real Madrid é um dos maiores clubes do mundo e isso faz com que sempre chegue forte para o mercado da bola. Assim, os rumores que sondam o Real são sempre dos maiores possíveis.

Assim, nos últimos meses, os principais rumores levavam MbappéHaaland, jovens fenômenos, a desembarcar na capital espanhola para defender o Real Madrid.

O clube merengue já deu as caras no atual mercado da bola e contratou Thcouaméni, joia francesa que joga com Benzema na seleção.

Por fim, a PL Brasil separou as cinco maiores contratações da história do Real Madrid. Confira.

Eden Hazard por €115 milhões vindo do Chelsea

A maior aquisição da história do clube foi o belga Eden Hazard que defendia o Chelsea. Assim, o time espanhol desembolsou 115 milhões de euros para contar com o ponta no mercado da bola de 2019/20.

No entanto, o atleta chegou valorizado e não correspondeu às expetativas. Desde que chegou ao clube merengue, jogou 66 jogos, marcou seis gols e deu oito assistências.

Gareth Bale por €101 milhões vindo do Tottenham

Real Madrid pagou a bagatela de 101 milhões de euros ao Tottenham para ter o galês. No mercado de transferências de 2013/14, o Bale se juntou ao clube merengue.

Assim, o atleta deu um retorno, com 258 jogos, 106 gols e 58 assistências. No entanto, nas últimas temporadas, deixou claro seu desinteresse e irá deixar o clube no dia 30 de junho, ao término de seu contrato. Além disso, o que poderia ser um dos maiores ídolos da história do Real Madrid, deixa o clube pela porta dos fundos.

Cristiano Ronaldo por €94 milhões vindo do Manchester United

A terceira maior contratação da história do clube é nada mais nada menos que Cristiano Ronaldo, que, após rumores, desembarcou na Espanha na temporada 2009/10, já tendo conquistado um melhor do mundo e uma Champions League.

A partir de sua chegada, não tem muito o que falar e só resta apresentar os números extraordinários que ele tem pelo clube. Em 438 jogos, marcou 450 gols, uma absurda média de mais de um gol por jogo. Além disso, deu 118 assistências.

Por fim, o lendário português conquistou quatro Champions, três Mundiais, três Supercopa da Uefa, duas LaLiga, duas Copa do Rei e duas Supercopa da Espanha.

No mercado da bola do início da temporada de 2018/19, rumou à Juventus e rendeu 117 milhões de euros aos cofres espanhóis, se tornando a maior venda da história do clube.

Aurélien Tchouaméni por €80 milhões vindo do Monaco

Na quarta posição, aparece a contratação mais recente da história. Assim, no atual mercado de transferências, o Real Madrid se reforçou ao pagar 80 milhões ao Monaco para contar com o volante para a temporada 2022/23.

O jogador se destacou jogando pelo clube francês na última temporada, quando jogou 50 jogos, marcou cinco gols e deu três assistências. Das 50 partidas, 48 foram como titular. A equipe do Monaco teve 55 jogos na temporada. Assim, apenas cinco vezes Tchouaméni não entrou em campo.

Zinédine Zidane por €77,50 milhões vindo da Juventus

Por fim, outro jogador que dispensa apresentações é Zidane, o Zizou, que chegou ao clube merengue no mercado da bola de 2001/02. O francês chegou da Juventus após se destacar na Itália.

Durante suas temporadas, chegou a 229 partidas e marcou 49 gols, além de dar dez assistências.

Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.
Artigo anteriorReal Betis – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoReal Sociedad – História, conquistas e estatísticas