Real Betis – História, estatísticas e conquistas

Real Betis – História, estatísticas e conquistas
Real Betis Balompié

Real Betis Balompié é uma tradicional equipe de futebol espanhola que tem 114 anos de história.

O time manda seus jogos no estádio Benito Villamarín, que tem capacidade para 60.784 torcedores.

Real Betis Balompié

Real Betis foi fundado em 12 de setembro de 1907, como Sevilla Balompié, em alusão à sua cidade-sede. Dois anos depois, após um racha no Sevilla FC, sócios do clube fundam o Betis FC.

Nesse sentido, sete anos depois, as diretorias do Sevilla Balompié e do Betis FC aprovaram a fusão dos dois clubes. Além disso, o Rei Alfonso XIII concedeu ao clube o título de Real. Assim, a denominação é alterada para Real Betis Balompié.

Real Betis – fundação, conquistas e ascensão

Real Betis é tradicional na Espanha e participa frequentemente da LaLiga. Além disso, é um dos nove clubes espanhóis que conquistou a Liga Espanhola e a Copa do Rei. Assim, é um título da Liga, em 1934/35, e três da Copa, sendo o atual campeão. Ademais, o time de Sevilla é o 9º clube na classificação histórica da Liga.

Com os bons resultados nos torneios nacionais, participou 14 vezes de competições internacionais. Sendo assim, jogou uma vez a Champions League e nove vezes a Europa League. As outras quatro ocasiões se dividem em torneios instintos: Recopa Europeia (2), Copa de FeriasCopa Ibérica.

Mercado de transferências do Real Betis

Real Betis frequentemente aparece como um dos principais clubes espanhóis no mercado da bola. Sendo assim, diversos rumores passam pelo clube com o passar das temporadas.

No atual mercado de transferências, após rumores, efetivou a contratação do centroavante Willian José, que defendeu o clube por empréstimo na última temporada e pertencia à Real Sociedad.

Além disso, o Real Betis deve aparecer mais no mercado da bola e efetivar outras aquisições. Nesse sentido, surgiram rumores na imprensa espanhola nos últimos dias sobre um interesse do clube na contratação de Vinicius Zanocelo, meia do Santos. Além disso, Arthur, da Juventus, também está no radar do time.

Como todo grande clube do mundo, o Real Betis já fez grandes contratações no mercado da bola. Nesse sentido, confira as aquisições mais caras da história do clube.

Denílson por €31,50 milhões vindo do São Paulo

Mais de 23 anos após a compra, Denílson continua sendo o reforço mais caro da história do Real Betis. À época com 20 anos, o ponta brasileiro se tornou a maior transação de todos os tempos do futebol.

Nas duas primeiras temporadas na Europa, o atleta jogou 77 partidas e marcou seis gols. Ficou o restante de 2000 no Flamengo e depois retornou ao Real Betis. Na volta, foram 125 jogos e nove gols. Após isso, foi vendo ao Bordeaux, da França.

Borja Iglesias por €28 milhões vindo do Espanyol

Numa das contratações mais recentes da lista, o centroavante Borja Iglesias chegou no mercado de transferências da temporada 2019/20 pela bagatela de 28 milhões de euros.

O atacante espanhol chegou ao Betis e, nas três primeiras temporadas, participou de 120 jogos. A saber, marcou 35 gols e deu quatro assistências. O vínculo do atacante com o clube espanhol vai até junho de 2026.

Giovani Lo Celso por €22 milhões vindo do PSG

Assim como IglesiasLo Celso chegou no mercado da bola de 2019/20. O Real Betis pagou 22 milhões de euros no argentino que defendia o PSG.

Na temporada 2018/19, o meia defendeu o clube espanhol por um empréstimo e teve bons números, com 16 gols e cinco assistências em 45 jogos. Isso fez com que o clube pagasse a quantia milionária para tê-lo em definitivo.

No entanto, dois meses depois de contratá-lo, o Betis emprestou o atleta para o Tottenham. Após o período de empréstimo o clube inglês pagou 32 milhões e adquiriu o jogador. Com isso, se tornou a maior venda da história do time espanhol.

Nabil Fekir por €19,75 milhões vindo do Lyon

Na mesma temporada de IglesiasLo Celso, o Real Betis venceu a concorrência no mercado da bola e contratou o francês Nabil Fekir. A saber, o meia se destacou no Lyon durante um período e chamou a atenção de diversos clubes do mundo.

Desde que aterrissou na Espanha, o jogador foi frequentemente utilizado. Assim, chega, em três temporadas, a 118 jogos, 22 gols e 20 assistências. Na última temporada, foram 47 partidas, sendo 46 como titular da equipe. A saber, foram 56 jogos do Real Betis na temporada.

William Carvalho por €16 milhões vindo do Sporting

Por fim, na temporada 2018/19, o Real Betis contratou o volante William Carvalho, que vinha se destacando no Sporting. Para contar com o atleta, desembolsou 16 milhões de euros ao clube português.

O volante, assim como Fekir é frequentemente utilizado na equipe. Nesse sentido, o Betis teve 56 jogos na última temporada e o volante participou de 49. Dessas 49 partidas que entrou, William Carvalho foi titular em 32.

Em toda sua passagem pela Espanha, o jogador soma 135 jogos, seis gols e nove assistências.

Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.
Artigo anteriorRayo Vallecano – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoReal Madrid – História, conquistas e estatísticas