RCD Mallorca: Uma parada para a data FIFA

Reyna
Foto: Reprodução RCD Mallorca

Os compromissos das equipes internacionais para a data FIFA dividem o calendário em seções e agora é tempo de enfrentar outra parada na estrada para voltar na próxima semana. A saber, essas paradas podem ser infinitas, dependendo do resultado anterior. No caso do Mallorca, não será, muito por conta da vitória sobre o Levante, por 1 x 0, na última rodada.

Dessa forma, esse triunfo veio quando o elenco mais precisava. Assim, antes do primeiro intervalo por conta da data FIFA, a equipe de Luis García tinham parado após uma vitória apertada sobre o Espanyol. Mas depois veio uma sequência de quatro jogos sem vencer. Perderam para o Athletic, Real Madrid e Osasuna, e ainda empataram com o Villarreal.

Nesse sentido, os mallorquinistas agora estão meio da tabela de classificação, enquanto aguardam o reinício da competição. Nessas alturas é insensato olhar para além do jogo de domingo que vem e, mais do que nunca, é necessário tirar um dia de jogo de cada vez. Mas o calendário está se tornando mais inclinado com jogos difíceis, contra Real Sociedad, Valencia e Sevilla.

É por isso que o jogo do último sábado foi tão importante e conseguir os três pontos foi simplesmente fundamental. Agora, é enfrentar a segunda parte da temporada. Além disso, esta pausa na competição também permite que Luis García Plaza tente recuperar jogadores que não tenham estado à sua disposição nesta início de La Liga.

Russo voltou no domingo passado e resta saber se Antonio Raíllo será capaz de regressar ao alinhamento inicial durante a próxima quinzena. É essencial recuperar o zagueiro Cordovês, porque sua presença e liderança nas costas são muito importantes para o Mallorca.

Sem desmerecer o trabalho de Valjent, Russo e do próprio Oliván, o fato é que o cordovês é um muito decisivo para a solidez na zaga.