Raphinha deveria ganhar espaço na seleção?

Simon Bellis/Sportimage

Na última sexta-feira (24), Tite anunciou, em entrevista coletiva, a convocação para as Eliminatórias da Copa do Mundo, que devem acontecer entre os dias 7 e 14 de outubro. Entre os convocados, um dos destaques foi a presença de Raphinha, jogador do Leeds United, da Inglaterra. Assim, na coluna Conceito Premier de hoje, discutiremos o seguinte tema: o jogador deveria mesmo ganhar espaço na seleção brasileira?

Raphinha ganha sua primeira chance

Assim, com a convocação da seleção de Tite, Raphinha recebeu sua primeira chance pela segunda vez. Isso porque, na última convocação, a federação inglesa de futebol (FA) não permitiu que jogadores de países na lista vermelha de Covid-19 viajassem para jogar. Dessa forma, Raphinha não pôde estrear pela seleção, sendo substituído. De qualquer forma, esta será sua primeira oportunidade – e há muitas expectativas para vê-lo jogar por parte de alguns fãs.

Entretanto, quais são as chances reais de Raphinha jogar na seleção de Tite? Para definir isso, é necessário listar alguns jogadores que, assim como ele, jogam pela ponta direita. Só na convocação atual, há dois (além de um adendo) que disputam posição: Antony e Everton Ribeiro. Além deles, Gabriel Barbosa também atuou pelo lado do campo com Tite em alguns dos últimos jogos, em especial contra o Peru, quando Everton Ribeiro vinha por trás, centralizado.

Assim, além desses jogadores, outros nomes se destacam: Malcom, convocado na última chamada; Richarlison; Gabriel Jesus, que pode atuar pelo lado do campo; Pedrinho, Éverton Cebolinha e Vinícius Junior, que pode jogar pelos dois lados do campo. Além deles, Willian, que jogou a Copa da Rússia de 2018 e voltou para o Corinthians, pode ser outra alternativa. No entanto, alguns desses já foram testados e não responderam como esperado.

Onde Rapinha se encaixa nessa lista?

Dessa forma, é certo que há alguns bons nomes na lista acima. Entretanto, é necessário testar os jogadores. Uma das principais críticas a Tite é que ele não muda o time. Por mais que o comandante seja um dos técnicos que mais varia suas convocações, raramente dá chances para novos jogadores e/ou pouco tempo de jogo para os novos convocados. Contra o Peru, por exemplo, o último jogo da seleção brasileira até o momento, Tite colocou Bruno Guimarães com 15 minutos restando para o fim da partida. Hulk e Edenílson entraram faltando dez.

Assim, Raphinha merece sim ser testado. Até aqui, em 2021, foram 25 jogos, seis gols e sete assistências. Além disso, na última temporada, foi um dos destaques na Europa por conta de suas chances criadas e passes decisivos, liderando entre os brasileiros por um período. Dessa forma, Raphinha merece uma chance para mostrar seu valor. Não somente ele, como também Antony e outros jogadores.

Raphinha pode ser exemplo de um dos erros de Tite

Por mais que Raphinha tenha sido convocado, há uma dúvida sobre sua presença no time, ainda que como reserva. Assim, o atleta pode voltar a Inglaterra sem sequer jogar. Atualmente, a seleção brasileira é a primeira das eliminatórias, com 24 pontos. São oito jogos e oito vitórias para o lado canarinho. Portanto, com seis pontos de espaço para o segundo colocado (Argentina), Tite deveria mexer na equipe e fazer testes para o mundial de 2022.

Ademais, Raphinha é apenas um dos nomes que Tite deveria testar. Antony, Bruno Guimarães, Douglas Luiz, Hulk, Pedro e jogadores como Maycon (Shakhtar Donetsk), que jogam em clubes fora do eixo, poderiam ganhar pelo menos uma chance ao longo das partidas para mostrar seu futebol pela seleção. Por outro lado, jogadores que mostram menos qualidades individuais poderiam dar espaço para outros, como é o caso de Danilo, lateral-direito, que poderia ser substituído por Fagner, um dos melhores laterais do primeiro turno do Brasileirão; ou por Daniel Alves, que ganhou o ouro olímpico pelo Brasil.

Afinal, Raphinha merece ganhar espaço na seleção?

Portanto, Raphinha merece sim a convocação. Além disso, ele, com certeza, merece ser testado por Tite, ainda mais no time titular. No geral, é um atleta que pode responder bem e mostrar seu valor, desde que lhe seja dada a oportunidade. Por fim, Raphinha é um bom jogador, do tipo que pode ajudar muito o Brasil caso mostre ser capaz. No entanto, terá muito trabalho para disputar por uma posição com tantos nomes. Ainda assim, como ninguém conseguiu assumir a posição além de Richarlison, essa pode ser a chance perfeita.

Assim, a próxima parada do Brasil é no dia 7 de outubro, contra a Venezuela, fora de casa. Depois, a seleção viaja para a Colômbia, onde joga no dia 10. Por fim, o time de Tite volta para o Brasil, onde recebe o Uruguai. A partida acontece no dia 14, na Arena da Amazônia. Sem Richarlison (machucado), Tite terá que encontrar alguém para sua posição. Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa entram na disputa com Raphinha e Antony pela posição. Portanto, só o tempo dirá se Raphinha terá, de fato, a oportunidade de mostrar seu valor.