PSG x Lille – Melhores momentos e resultado

PSG x Lille – Melhores momentos e resultado
Foto: Divulgação/PSG

Nesta sexta-feira (29), o PSG derrotou o Lille por 2 x 1, de virada, no Parque dos Príncipes em partida válida pela 10ª rodada da Ligue 1. A saber, os torcedores parisienses assistiram novamente uma partida paupérrima e pouco inspirada da equipe estrelada comandada por Mauricio Pochettino.

Decerto, vale o destaque para atuação Di Maria que serviu uma assistência e marcou o gol da virada do PSG, além da substituição de Messi, no intervalo, por uma aparente lesão muscular.

Por outro lado, o que se viu foi uma das melhores atuações do atual campeão da França no comando de Gourvennec nessa temporada. Além disso, foi surpreendente a quantidade de chances criadas no primeiro tempo. Que certamente lembrou os melhores momentos dos Dogues na temporada passada.

PSG x Lille – Os melhores momentos

1º tempo: Péssimo jogo coletivo do PSG e grande atuação do Lille

A princípio, o pressionado Mauricio Pochettino não conseguiu atribuir qualquer evolução no jogo coletivo da equipe mais midiática do mundo. De fato, os problemas defensivos dos parisienses foram quase fatais desde o primeiro minuto de jogo. Quando Yilmaz finalizou e viu Donnaruma fazer grande defesa depois de um contra ataque de almanaque da equipe visitante.

Além disso, a escalação de Kehrer na lateral direita como titular foi desastrosa. Decerto, foi por ali que muitos dos contra ataques do Lille se desafogavam com o deslocamento de Yilmaz. Ademais, foi neste cenário que os Dogues abriram o placar.

Foi então, que aos 31′, numa bela jogada coletiva dos visitantes. A bola foi deslocada para a direita, onde estava Yilmaz. O turco driblou o lateral Kehrer e fez o cruzamento que encontrou Jonathan David, que livre de marcação, empurrou a bola para o fundo da rede.

2º Tempo: Messi substituído, melhoria tática e virada do PSG

Na segunda etapa, uma preocupação: Messi (que nada fez na primeira etapa) é substituído por Icardi por uma aparente lesão muscular. Dessa maneira, o PSG muda seu seu sistema defensivo. Em suma, com uma linha de três zagueiros com: Marquinhos, Kimpembe e Kehrer, que se tornou terceiro zagueiro e passou a não subir para o ataque, dando mais equilíbrio defensivo aos donos da casa.

Além disso, foi nítido a queda física do Lille. Que não pressionava o PSG como no primeiro tempo. No entanto, ainda conseguia assustar os parisienses nos contra ataques. E foi assim, que aos 55′, Jonathan David teve a chance de ampliar a vantagem, mas finalizou mal e desperdiçou a melhor chance dos Dogues no segundo tempo.

Dessa maneira, aos 65′, Pochettino faz duas mudanças nas laterais: Nuno Mendes por Bernat e Dagba por Kehrer. Em suma, a equipe da casa pouco melhorou coletivamente, mas o talento resolveu aparecer. Foi aos 74′, onde Neymar acionou Di Maria pela direita, na linha de fundo, o argentino encontrou Marquinhos, que como um centroavante, empatou o jogo.

Desse modo, a pressão do PSG aumentou e o Lille se arrastava em campo. Com isso, aos 88′, pelo lado esquerdo, Di Maria encontrou Neymar, que como um pivô, serviu o argentino para marcar o gol da virada e dar sobrevida a Pochettino, que não consegue dar vida ao time mais estrelado do planeta.

PSG x Lille – O que acontece agora?

Apesar da vitória de virada diante o Lille, o PSG se vê em uma situação complicada porque não consegue vislumbrar uma melhoria em seu jogo coletivo. Além disso, com a vitória, os parisienses abrem dez pontos de vantagem para o Lens, que é o 2º colocado.

Por outro lado, o Lille perdeu uma ótima oportunidade de iniciar uma recuperação de seu bom futebol da temporada passada. Contudo, o primeiro tempo dos Dogues deixa boas impressões e mostra potencial para atingir as primeiras colocação desta Ligue 1.