PSG tem discussão de jogadores e até do Presidente após eliminação

PSG tem discussão de jogadores e até do Presidente após eliminação

Na última quarta-feira (9), o PSG acabou sendo eliminado da UEFA Champions League para o Real Madrid. Após vencer o primeiro jogo na França e abrir o placar em Madrid, a equipe sofreu um revés histórico dos Los Blancos. Sendo assim, o clima de volta para casa não foi dos melhores e muitas discussões internamente e até externamente foram feitos pela instituição.

Presidente do PSG ameaça árbitro pós-jogo

Em primeiro lugar, segundo fontes locais, após o apito final, o Presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi e o Diretor Esportivo, Leonardo tentaram invadir o vestiário da equipe de arbitragem. Além disso, o relato, diz que o catari teria chegado gritando, gesticulando e dando golpes, procurando os juízes. Por fim, a polícia acabou sendo chamada, mas nenhum dos envolvidos se pronunciou.

Neymar e Donnarumma também brigaram

Por outro lado, no vestiário dos atletas, Neymar e Donnarumma se estranharam e precisaram ser separados pelos companheiros. Decerto, Tudo teria começado no momento em que o brasileiro cobrou o italiano pela falha no gol de empate do Real. Já em resposta o italiano lembrou m erro do camisa 10 no segundo gol da equipe espanhola. 

Vale destacar que novamente, o técnico, Mauricio Pochettino, tem o seu cargo ameaçado após a eliminação. A torcida do Les Rouges et Bleus, cobrou nas ruas e no aeroporto sobre o fracasso na competição europeia. Jornais franceses também afirmaram que o elenco teve uma partida “iracional” e “ridícula” diante dos espanhóis. Em suma, O PSG volta a campo no domingo (13), pela Ligue 1, contra o Bordeaux.