PSG suspende Messi: o surpreendente mau comportamento que levou à punição

2 minutos de leitura

O casamento entre Lionel Messi e PSG caminha melancolicamente para seu final, após dois anos de união. Desta vez, o craque argentino cometeu um ato contra as regras do clube, e deve receber uma punição exemplar dúpula catari.

De acordo com a “RMC”, o PSG decidiu suspender Messi por duas semanas, com início imediato. A sanção é consequência da ausência do craque ao treino da última segunda-feira (1), sem prestar algum tipo de solicitação prévia ao PSG.

Logo após a derrota para o Lorient, no domingo (30), craque realizou uma viagem à Arábia Saudita, onde é embaixador do esporte. Segundo informações do “L'Équipe”, não recebeu autorização da direção para realizar ir ao país asiático.

Por sua vez, Messi contava que o elenco do PSG receberia folga na segunda-feira (1) e na terça-feira (2). Por isso, planejou a viagem para cumprir suas obrigações contratuais com a Arábia Saudita. Contudo, o resultado vexatório frente ao Lorient fez o técnico Christophe Galtier marcar um treinamento de última hora.

PSG: Messi pode ser punido após sumiço inesperado
Lorient venceu o PSG por 3 a 1 – Foto: Ligue 1

Leia mais:

Donos do PSG planejam comprar clube brasileiro

PSG usa punição como recado

Ainda segundo o “L'Équipe”, o PSG entende que é preciso punir Lionel Messi como resposta ao ato inconsequente do craque de 35 anos, e também transmitir uma mensagem externa e externa. O clube não quer transmitir a imagem de falta de comando, além de afastar impressões do restante do elenco de que haja algum tipo tratamento privilegiado às estrelas do plantel.

A decisão esteve nas mãos de Nasser Al-Khelaifi. O dirigente se encontra nos Estados Unidos e tomou para si a responsabilidade de tratar do assunto. O PSG confirmou as tendências e aplicou a punição a Messi, mesmo que isso possa ser desfavorável ao processo de renovação contratual entre as partes. O clube francês segue tentando manter o campeão do mundo em seu dominío.

Qual o futuro de Messi?

O contrato de Lionel Messi com o PSG acaba em junho de 2023. O craque já pode assinar pré-contrato com qualquer outro clube, e sair do time parisiense gratuitamente. As negociações estão emperradas. O Paris precisa que o argentino aceite abaixar seu salário para se enquadrar no fair play financeiro. O atual melhor jogador do mundo resiste e, além disso, cobra que a equipe apresente um projeto esportivo convincente.

O Barcelona surge como mais provável destino de Messi. Joan Laporta e sua cúpula têm trabalhado intensamente para conseguirem o retorno da lenda ao Camp Nou, mas questões financeiras também são obstáculos. Times da Arábia Saudita e dos Estados Unidos também se interessam pelo jogador.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.