‘À venda!’: Mbappé é excluído da pré-temporada do PSG e se aproxima de saída

8 minutos de leitura

A guerra entre Paris Saint-Germain e Kylian Mbappé ganhou mais um episódio determinante, que promete agitar o mercado da bola. Clube e jogador ainda não encontraram um consenso. O astro francês deseja cumprir seu contrato, que se expira em junho de 2024, mas não quer renovar o seu vínculo com o time francês. O PSG, por sua vez, não quer perder seu principal ativo de graça.

O time parisiense então colocou Mbappé à venda a partir de hoje e retirou o atacante da turnê japonesa de pré-temporada. O PSG divulgou a lista de jogadores que farão parte da turnê pelo Japão sem o nome do astro francês. Segundo o jornalista Marcelo Bechler, os patrocinadores que proporcionaram a viagem do Paris Saint-Germain para o território japonês pagaram cerca de 20 milhões de euros (R$ 106,4 milhões) e não devem estar muito felizes com a notícia do principal astro da equipe fora da tour.

De acordo com o jornalista italiano Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferências, o Paris Saint-Germain está convencido que Mbappé já acertou os termos para se juntar ao Real Madrid em 2024 em um acordo gratuito. Por isso, o clube parisiense deu um ultimato ao jogador: “Renove ou saia até 15 de julho”. Como não aconteceu nada, o PSG tirou o jogador da turnê japonesa e o considera à venda.

Nesta sexta-feira (21), o PSG fez sua última partida de pré-temporada antes da turnê no Japão. O Paris Saint-Germain venceu o Le Havre AC por 2 a 0, com um gol de Mbappé aos 46 minutos do segundo tempo.

A primeira partida do PSG no Japão está marcada para o início da manhã de terça-feira (25), quando enfrenta o time de Cristiano Ronaldo, Al-Nassr, às 7h20 (horário de Brasília), no Yanmar Field Nagai, em Osaka.

Guerra entre PSG e Mbappé

Mbappé comunicou há cerca de dois meses que não vai renovar contrato com o Paris Saint-Germain. Portanto, o atacante teria só mais um ano de contrato e poderia assinar um pré-contrato com qualquer equipe em janeiro e sair de graça na janela de verão europeu de 2024.

A estrela francesa é alvo do Real Madrid, que já tentou contratar o jogador no ano passado, mas o atacante acabou renovando com o time de Paris. O presidente do clube merengue, Florentino Pérez, inclusive, disse que terá Mbappé no ano que vem.

No início deste mês, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelafi, frisou que que Mbappé só fica no PSG se renovar contrato com o clube, em entrevista ao “Le Parisien”.

— Se Kylian quiser ficar, ele precisa assinar um novo contrato. Se Kylian quiser ficar, nós queremos que ele fique. Mas ele tem que assinar um novo contrato. Não queremos perder o melhor jogador do mundo de graça, é impossível. Ele não pretende sair de graça. Se alguém o fez mudar de ideia, não é nossa culpa. Não vamos deixar um dos melhores jogadores do mundo sair de graça, isso está muito claro e eu não quero repetir — declarou.

De acordo com a imprensa francesa, o Real Madrid teria que fazer a maior compra da história do futebol para tirar o astro campeão do mundo com a França em 2018 do PSG. A transferência pode superar a casa dos 250 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão).

A história de Mbappé no PSG

Mbappé deixou o Monaco e foi para o Paris Saint-Germain em agosto de 2017, em uma transferência de 180 milhões de euros (R$ 843,2 milhões). Desde então marcou 205 gols e deu 51 assistências em 255 jogos, se tornando o maior artilheiro da história do clube. O atacante francês também conquistou:

  • Cinco títulos de Campeonato Francês
  • Três de Copa da França
  • Dois da Copa da Liga Francesa
  • Dois da Copa da França.

Na última temporada, Mbappé estufou as redes 41 vezes e deu cinco assistências em 43 partidas, mas, mesmo ao lado de Neymar e Lionel Messi, não atingiu o principal objetivo do clube que era (e ainda é) conquistar a Champions League.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.