Provável escalação da Itália

Provável escalação da Itália
Reprodução/Itália

Confira a provável escalação da Itália, que enfrenta a Argentina, na próxima quarta-feira (01), pelo Troféu Artemio Franchi. Assim, as seçeões entram no campo do Wembley, na Inglaterra, à partir das 15h25 (horário de Brasília), para o confronto.

Provável escalação da Itália

De fato, a seleção italiana entrará em campo para representar a Europa, no confronto entre os campeões continentais de 2021. O treinador, Roberto Mancini, levou sua base de jogadores que, apesar de vencerem a EURO, não se classificaram para a Copa do Catar.

Itália escalação: Donnarumma; Bastoni, Chiellini e Bonnuci; Di Lorenzo, Barella, Jorginho e Spinazolla; Tonali, Insigne e Belotti. Técnico: Roberto Mancini

Escalação Itália x Argentina

A princípio, a Argentina terá um time bastante forte para enfrentar os europeus, já que testa a sua equipe para a disputa do Mundial, no fim de ano.

Argentina escalação: Emiliano Martínez; Foyth, Romero, Otamendi e Pérez; Paredes, Rodri De Paul e Messi; Di Maria, Lautaro e Correa. Técnico: Lionel Scaloni

Desfalques da Itália

De fato, a única baixa da convocação da seleção Azurra, foi o atacante Ciro Imobille, artilheiro do Calcio I 2021/22. No demais, é a equipe desejada pelo treinador Mancini.

Jogador destaque da Itália

O ídolo do Napoli, o atacante Lorenzo Insgine deixará o futebol italiano nesta janela, rumo à MLS. O jogador histórico da seleção, optou por jogar no futebol americano e deixará um legado no seu clube e país. Ainda assim, ele fez parte da convocação e é o melhor atacante dos italianos.

Nesta temporada, em 37 partidas, marcou 13 gols e deu 10 assistências. Decerto, com a camisa napolitana, foi campeão por duas vezes da Taça da Itália, além de uma Super Taça.

Lorenzo Insigne
Reprodução/Napoli

Últimas conquistas da Itália

Por fim, a Azzurra é a atual campeã da EURO 2021, com grandes atuações e a esperança de uma nova geração da seleção, que a colocaria no topo das equipes novamente. Entretanto, A Itália está fora de mais uma Copa do Mundo, ao perder na repescagem para a Macedônia do Norte, por 1 x 0.

Decerto, o baque foi gigante, com a possibilidade até de troca no comando. Ainda assim, a tetracampeã do mundo começa a trilhar seu novo caminho, para tentar chegar ao Mundial de 2022.