Um velho e decisivo problema eliminou o Liverpool da Champions League

Apesar da eliminação precoce, não há motivo para pânico nos Reds

0
464
Laurence Griffiths Getty Images
Laurence Griffiths Getty Images

O Liverpool deu adeus ao sonho de mais um título da Champions League. Com a derrota por 3 a 2 na prorrogação para o Atlético de Madrid, os Reds caíram fora da competição mais importante de grupos nas oitavas de final. Falhas do goleiro – um velho problema – fizeram parte da eliminação mais doída do Liverpool desde a final contra o Real Madrid em 2018.

Isso porque o Liverpool engoliu o Atlético de Madrid durante os 90 minutos do tempo regulamentar, mas só conseguiu colocar uma bola para dentro, que foi a cabeçada de Wijnaldum após cruzamento de Ox Chamberlain.

No entanto, logo no início da prorrogação, Roberto Firmino, que ainda não tinha marcado no Anfield na atual temporada, fez o segundo gol do Liverpool, um roteiro perfeito até aparecer um vilão: Adrián, que estava substituindo o lesionado Alisson.

Adrián vilão

Aos sete minutos da prorrogação, Adrián entregou a bola nos pés de João Félix, que rapidamente tocou para Marcos Llorente chutar de fora da área e fazer o gol que ali já classificava o Atleti – já que a Champions League tem o critério do gol fora de casa.

Minutos depois, Morata puxou contra ataque e serviu Llorente, que mais uma vez chutou de fora da área e empatou a partida. Não foi uma falha clara de Adrián, mas uma bola defensável.

Laurence Griffiths Getty Images
Laurence Griffiths Getty Images

A partir disso, o Liverpool, que já estava atordoado, ficou entregue, não teve forças e, nos acréscimos da prorrogação, Morata deu números finais ao placar. No último gol da equipe espanhola, um posicionamento desastroso de Adrián para tentar impedir.

Leia mais: Os maiores vexames de ingleses na Champions League

Uma eliminação dolorosa

O Liverpool não sofria um grande baque desde a derrota por 3 a 1 para o Real Madrid na final da Champions League de 2018. Uma partida que, assim como hoje, teve um goleiro sendo protagonista de forma negativa para os Reds.

Fazer uma das melhores partidas da temporada não foi suficiente para impedir que Adrián estragasse o sonho de mais um título de Champions League. E ficou comprovado mais uma vez como Alisson é uma peça decisiva neste time do Liverpool. Um goleiro decisivo e que ganha não só jogos, como campeonatos.

Laurence Griffiths/Getty Images

Uma eliminação dura, mas que não é, nem de longe, o fim do mundo para o Liverpool, que está a seis pontos de confirmar o título da Premier League pela primeira vez. Com exceção de Adrián que falhou, não é um jogo para arrumar culpados. E nem tampouco achar que está tudo errado.

O Liverpool deve acabar a temporada com três títulos: Supercopa da Europa, Mundial de Clubes e Premier League. Os dois primeiros em uma prateleira abaixo, mas a última é a taça que os Reds perseguiam há anos. E que deve chegar nas próximas rodadas.

Sem motivo para pânico

Faltando nove rodadas de Premier League, o Liverpool deve buscar bater o recorde de 100 pontos do Manchester City. No momento, os Reds estão com 82 e obviamente têm condições de buscar essa marca.

Mesmo com a eliminação, o torcedor do Liverpool não pode, nem de longe, criar a sensação de uma temporada frustante. Pelo contrário. Com a campanha na Premier League, os Reds estão na busca para se tornarem a melhor equipe de uma edição da competição. Como achar isso ‘pouco'?

Além da ótima atuação, o Liverpool também ganhou o retorno do capitão Jordan Henderson, que estava lesionado. Ótima notícia para seguir buscando recordes na Premier League nas próximas nove rodadas.

Além da eliminação, outra parte negativa pelo lado do Liverpool foi um trecho da entrevista de Jürgen Klopp. Isso porque o treinador reclamou do jeito que o Atlético de Madrid atuou no confronto, dizendo que o time poderia jogar ‘futebol de verdade'.

Se o Atlético joga bem desta forma, por que mudar? Não faz o menor sentido. E Klopp sabe disso, mas infelizmente optou pelo discurso de atacar estilos de jogo mais defensivos.