Jogador tem parada cardíaca e partida é suspensa na Premier League

5 minutos de leitura

Durante a partida entre Bournemouth e Luton Town neste sábado (16), válida pela 17ª rodada da Premier League, o capitão do Luton, Tom Lockyer, desmaiou em campo e causou cenas preocupantes durante o segundo tempo.

Lockyer foi carregado para fora de campo após alguns minutos de paralisação e levado a um hospital. Horas depois, o Luton Town confirmou que o capitão teve uma parada cardíaca, mas que já estava bem e consciente quando saiu do estádio.

— Ele recebeu tratamento adicional dentro do estádio, pelo que agradecemos mais uma vez às equipes médicas de ambos os lados. Tom foi transferido para o hospital, onde podemos garantir aos torcedores que ele está estável e atualmente passando por mais exames com sua família ao lado. Gostaríamos de agradecer a todos pelo apoio, preocupação e mensagens de carinho para Locks — divulgou o clube em comunicado.

Os jogadores deixaram o campo imediatamente após o episódio e só voltaram para aplaudir a torcida. Ambos os clubes concordaram que a partida não será retomada neste sábado (16).

Jogador desmaia em jogo da Premier League

O defensor caiu durante uma disputa e recebeu tratamento da equipe médica no campo. O episódio aconteceu por volta dos 13 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1.

Os médicos imediatamente entraram em campo e o treinador do Luton, Rob Edwards, correu para o campo e chamou seus jogadores para longe do incidente.

Os jogadores foram então instruídos a retornar aos vestiários enquanto a equipe médica continuava a tratar Lockyer. O Luton publicou um tweet em apoio ao seu capitão imediatamente após o incidente. Dizia: “Houve uma pausa no jogo enquanto Tom Lockyer recebe atenção médica. Estamos todos com você, Locks,” acompanhado de um coração laranja.

Imediatamente a apreensão tomou conta do Vitality Stadium e das redes sociais. Jogadores famosos, como David De Gea, além de comentaristas da imprensa inglesa, como Gary Lineker, desejaram força ao jogador através do X, antigo Twitter.

Foram alguns minutos de atendimento ainda em campo antes de Lockyer ser carregado de maca para fora. A partir deste momento, começaram a chegar as informações de que ele estaria consciente e respondendo aos paramédicos, o que aliviou os presentes.

O clima com o qual os jogadores voltaram a campo para aplaudir a torcida, com uma aparente tranquilidade, também acalmou os presentes.

Histórico de problemas cardíacos

O defensor havia desmaiado na final dos playoffs da Championship na temporada passada, em maio de 2023. O defensor de 28 anos caiu no gramado sem nenhum jogador por perto aos 12 minutos do jogo em Wembley e foi retirado em uma maca após ser atendido pela equipe médica.

Na época, ele foi diagnosticado com uma fibrilação atrial, que acontece quando os átrios do coração batem de forma muito rápida e irregular.

O defensor galês, de 28 anos, passou por uma cirurgia com o mesmo cardiologista de Christian Eriksen depois do ocorrido em maio. O dinamarquês sofreu uma parada cardíaca durante a Euro em 2021. Meses depois do episódio, o jogador foi liberado a atuar em alto rendimento novamente.

— O doutor Sanjay Shah foi incrível. Assim que falei com ele, ele disse que o caso de Eriksen era pior e que ele está de volta, então imediatamente fiquei de bom humor — revelou Lockyer à BBC na época.

“Eu não achava que era uma dúvida voltar a jogar, mas sim se eu seria o mesmo jogador”, comentou o capitão do Luton Town. “Agora estou em monitoramento aumentado. Serei checado muito mais do que o jogador de futebol médio, mas isso apenas significa que estou um pouco mais cuidado”, completou em agosto deste ano.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]