‘Me equivoquei’: a reação do presidente da Federação após beijo absurdo em craque da seleção espanhola

5 minutos de leitura

A repercussão do episódio sofrido por Jenni Hermoso, jogadora da Espanha, na final da Copa do Mundo feminina de 2023 ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (21). A jogadora foi beijada contra sua vontade por Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, no momento em que recebeu sua medalha de vencedora da final contra a Inglaterra.

Em uma live transmitida no vestiário em seu Instagram, após a festa do título no pódio, a atacante comentou sobre o caso, dizendo que “não gostou” do que aconteceu e questionou: “mas o que eu poderia fazer?“. O acontecimento lamentável repercutiu nas redes sociais, levando inclusive autoridades da Espanha a se pronunciarem.

Presidente responde acusação de assédio por beijo a Hermoso, da seleção espanhola

No domingo (21), ministros do governo espanhol cobraram explicações e um pedido de desculpas do dirigente da entidade. O ministro da Cultura e dos Esportes Miquel Iceta declarou, em entrevista à rádio estatal do país, que considera o ato “inaceitável”.

— Creio que é inaceitável beijar os lábios de uma jogadora para parabenizá-la. A primeira coisa que deve se fazer é dar explicações e pedir desculpas – declarou o ministro.

Em suas redes sociais, Irene Montero, ministra da Igualdade, classificou o episódio como “violência sexual” e que não se pode supor que “um beijo sem consentimento seja ‘algo que acontece'”.

Na manhã desta segunda (21), Rubiales pediu desculpas pelo acontecido, dizendo que não houve “má fé” e que na Espanha o ato foi visto “de forma natural”. O comunicado foi publicado em formato de vídeo, divulgado pela Real Federação Espanhola de Futebol.

— Certamente me equivoquei, tenho que admitir. Foi sem má fé em um momento de máxima efusividade. Aqui (na Espanha) vimos isso de forma natural, mas lá fora (do país) se formou uma comoção. Tenho que me desculpar, aprender com isso e entender que, quando se é presidente, tem que ter mais cuidado – disse o dirigente, em vídeo.

Presidente pede desculpas após chamar caso de ‘idiotice’

Na noite de domingo, em meio às comemorações do título, Rubiales havia comentado sobre o caso em uma entrevista à rádio “Marca”, da Espanha. No programa “El Partidazo de COP”, o presidente havia chamado as acusações de assédio de “idiotice”.

— O beijo com a Jenni? Há idiotas por toda parte. Quando duas pessoas têm um momento de afeto sem qualquer importância, não podemos ouvir idiotices. Somos campeões e fico com isso.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.