Presidente do Stuttgart apoia Matarazzo

Presidente do Stuttgart apoia Matarazzo
Foto: Tom Weller/dpa

Antes de tudo, o Stuttgart, comandado por Pellegrino Matarazzo, vem fazendo uma péssima campanha até aqui na Bundesliga. A equipe da Estugarda conquistou somente um ponto, em seis jogos. Está hoje, na penúltima posição do campeonato e conseguiu a última vitória oficial, há seis jogos. Sendo o time com segundo jejum mais longo de vitórias, ficando atrás apenas do último colocando.

Com tudo isso em pauta, fica a questão do trabalho do treinador, Matarazzo. Em outros tempos, o treinador já estaria com seu cargo muito balançado no comando do Stuttgart, porém, ele conta com o apoio da autoridade máxima do clube, o presidente Claus Vogt. Ele deu algumas declarações sobre o treinador e a equipe técnica.

“O conselho de administração apoia os responsáveis ​​pelos esportes. Temos dirigentes esportivos que assumiram a responsabilidade nos bons tempos e estamos convencidos de que eles farão o mesmo nos tempos difíceis”.

Em seguida, ele também falou, que acredita que ainda está cedo para se falar em segunda divisão e que acredita que às coisas em breve, vão estar mais tranquilas no clube.

“Nós definitivamente nos certificamos de que as coisas fiquem calmas em torno do Stuttgart. Mesmo no caso de não houver uma melhora na situação nas próximas semanas, não irá haver plano de emergência”.

Por fim, Vogt comentou que os atletas acabam por sentir a pressão, devido a fase que o time vive.

“O nosso problema é que os jogadores sentem a situação. Têm medo de cometer erros e, infelizmente, é aí que os erros acontecem. Há uma certa falta de autoconfiança”.

Sendo assim, concluiu o dirigente do Stuttgart, que vêm de derrota em casa, para o Eintracht Frankfurt.