Por que os pênaltis na Premier League são mais importantes que nunca

6 minutos de leitura

A temporada 2023/2024 da Premier League terminou com alguns momentos importantes na história da liga. Um levantamento feito pelo site de estatísticas “Opta Analyst” aponta que os pênaltis nunca foram tão importantes no campeonato como são atualmente.

A última edição do Campeonato Inglês terminou com número elevado de pênaltis marcados, mas ao mesmo tempo com ótima taxa de conversão. Enquanto atletas quebraram marcas, balançar as redes com a penalidade máxima se tornou decisivo para a competição.

Premier League tem aumento de pênaltis concedidos

Em trabalho com o “Opta Analyst”, a Premier League realizou um levantamento de dados sobre os pênaltis. A última edição da liga, em 2023/24, fechou com uma média de 0,28 penalidades sendo marcadas por partida.

Com 107 pênaltis concedidos, 2023/24 é apenas a nona vez que a competição fecha uma edição com mais de 100 penalidades. A liderança é de 2020/21 (125), seguido por 2006/07 (112) e 2009/10 (111).

A marcação das faltas dentro da área está deixando de ser rara. Consequentemente, se torna um aspecto valioso nas partidas, seja na conversão ou na defesa dos goleiros.

O valor de gols esperados (xG) de cada pênalti é de 0,78. Ou seja, historicamente 78% das penalidades são convertidas.

Esse é um número extremamente alto, pois, tirando pênaltis e gols contra, apenas 84 tipos de finalizações, dentro de mais de 10 mil possibilidades, terminam com uma taxa de conversão de 80% ou mais.

Rodada 28 da Premier League teve momentos importantes

A 28ª rodada da Premier League foi realizada no final de semana dos dias 9 e 10 de março. Além de jogos importantes para a briga por título ou rebaixamento, ela foi marcada por alguns momentos curiosos.

Dos 107 pênaltis marcados durante toda a temporada da liga, apenas um jogador não acertou dentro da área do gol. A finalização por cima da trave de Solanke no empate entre Bournemouth e Sheffield United foi a única para fora.

Ainda na 28ª rodada, Garnacho conseguiu um feito histórico com a camisa do Manchester United. Pela primeira vez um jogador dos Red Devils sofreu pênalti duas vezes no mesmo jogo da Premier League. Na ocasião, o time venceu o Everton por 2 a 0, com gols de Bruno Fernandes e Rashford, marcados na cobrança da penalidade.

Garnacho Manchester United
Garnacho em ação pelo Manchester United. Foto: Icon Sport

Cobradores têm ótima taxa de conversão

Conforme levantado pelo “Opta Analyst”, o 0,25 pênalti marcado por jogo significa uma penalidade a cada quatro partidas. O número já é impressionante, mas a taxa de conversão chama mais atenção.

O aproveitamento dos cobradores nunca foi tão alto. Dos 107 pênaltis marcados, 89,7% foram convertidos. Ou seja, 96 vezes a bola parou no fundo das redes, enquanto 11 foram desperdiçados.

Em comparação com outras edições, até então a melhor taxa de conversão foi em 2013/14 com 83,9%. Já na última temporada, em 2022/23, apenas 74,8% das finalizações resultaram em gols, a sétima menor da primeira divisão desde 1992.

Esse número se torna mais impressionante ao analisar as últimas quatro temporadas. Desde o início de 2020/21 até agora, 81,9% dos pênaltis terminaram em gols, sendo a proporção mais alta na história da Premier League. Além disso, apenas a média entre 2016/17 e 2019/20 havia terminado com mais de 80% — no caso foram 80,1% — de aproveitamento dos cobradores.

Goleiros apresentam queda de aproveitamento

Se os cobradores estão em ótimo momento, não dá pra dizer o mesmo dos goleiros. Em 2017/18, 21 dos 80 pênaltis na Premier League foram defendidos, sendo 26,3%. Esse número nunca foi tão alto na história da liga.

No entanto, antes da temporada 2019/20, a International Football Association Board (IFAB, órgão que regulamenta as regras do futebol) anunciou a mudança que exige que os goleiros fiquem com pelo menos um pé na linha do gol quando um pênalti for cobrado.

Desde o início da temporada 2020/21 até a última edição, a média de pênaltis defendidos é de 11,7%. Isso representa uma queda de 19,1% no aproveitamento dos goleiros.

Na edição de 2023/24 da Premier League, apenas Areola, goleiro do West Ham, defendeu mais de um pênalti, evitando dois tentos contra a sua equipe.

Trio entra para a história da Premier League

A temporada 2023/2024 foi importante para o trio de jogadores da Premier League, que demonstraram que a marcação de pênaltis pode ser crucial para as suas respectivas equipes.

Alexis Mac Allister e Bukayo Saka entraram para a seleta lista de melhor cobradores de pênaltis da liga. Ambos contam com um aproveitamento de mais de 90% nas cobranças.

O meia do Liverpool tem ao todo nove conversões de pênaltis na liga e apenas um perdido, sendo a 16ª melhor marca. Já o atacante do Arsenal converteu dez de 11 cobranças e aparece na 11ª colocação da lista. A liderança é de Yaya Touré com 11 gols em 11 pênaltis cobrados, o único com 100% de aproveitamento.

Cole Palmer também escreveu o seu nome na história da Premier League e foi um jogador fundamental para o Chelsea. Ele estabeleceu o novo recorde de maior número de pênaltis marcados em uma temporada e sem perder, convertendo nove das nove cobranças.

Cole Palmer
Cole Palmer comemora gol pelo Chelsea. Foto – Icon Sport
Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.