Investigamos: Os torcedores do Chelsea são, de fato, os mais impacientes?

2 minutos de leitura

Mais de R$ 6,3 bilhões investidos nas últimas três janelas de transferências, atualmente na metade de baixo da tabela da Premier League, torcida dividida sobre a permanência do treinador Mauricio Pochettino e carta para dos donos dizendo que “o clube virou motivo de chacota dentro e fora de campo.”

O momento de instabilidade do Chelsea é percebido nas arquibancadas onde vaias têm se tornado comum, expondo a falta de conexão existente entre a torcida, direção e elenco. A impaciência muitas vezes vista na administração do clube, diante das frequentes trocas de técnicos, agora também se faz presente entre os torcedores em Stamford Bridge.

A reportagem da PL Brasil esteve no recente empate com o Burnley, por 2 a 2, e ouviu o que eles tinham a dizer sobre a atmosfera tóxica que tem se criado nos jogos em casa e se a impaciência é realmente parte do perfil da torcida dos Blues.

O primeiro a falar com a nossa reportagem foi Tim, um turista americano, que visitava o Stamford Bridge pela primeira vez e nos trouxe a visão de quem acompanha o clube à distância, assim como a maioria dos torcedores do Chelsea no Brasil.

— Quando falamos de Chelsea Football Club, paciência não é uma palavra quem vem à mente.

Pochettino Chelsea
Pochettino: alvo comum dos torcedores do Chelsea (Foto: Icon Sport)

Clima atual da torcida do Chelsea ‘é decepcionante'

Mas o que pensam os torcedores locais e que vão aos jogos no Stamford Bridge toda semana? Michael, que frequenta o estádio dos Blues há 70 anos, tentou resumir um pouco do que tem sido o ambiente nas arquibancadas:

O clima é de silêncio, bem desanimador e decepcionante. Para um time que brigava por títulos e vaga na Champions, agora não saímos da 10ª/11ª posição.  O ambiente não teria como ser outro, é negativo.

Para outro torcedor, Martin, que vai aos jogos em Londres há 45 anos, perguntamos o que ele acha sobre a percepção que outras torcidas da Inglaterra têm sobre o Chelsea e seus torcedores.

O Chelsea é um dos clubes mais detestados do país, antes e depois de ter recebido investimento do Abramovich. Nossos rivais do “Big 6” não gostam da gente porque temos essa rivalidade esportiva, brigando por títulos. E as torcidas dos demais clubes também não gostam porque antes essa rivalidade era com eles, fazíamos parte do mesmo escalão.

Passado no Tottenham afeta Pochettino

Durante a “Era Abramovich”, entre 2003 e 2022, o Chelsea teve 12 treinadores. Na “Era Boehly”, já tiveram Tuchel, Potter, Lampard e agora Pochettino e ninguém é capaz de bater o martelo sobre a continuidade do trabalho do argentino na próxima temporada. Perguntamos ao jovem torcedor George, que está em todas as partidas dos Blues, se o Chelsea é um clube sem paciência para os treinadores:

— Somos pacientes e apoiamos se tivemos o técnico ideal. Muitos torcedores não gostam do Pochettino poque ele era do Tottenham. Eu acho que se tivéssemos o Tuchel ou Mourinho como técnico, teríamos mais paciência para um projeto de longo prazo.

Por último ouvimos Peter, que é paciente com relação a manutenção do treinador, mas cobra os donos do Chelsea de mais clareza.

— Nosso período é de transição e os torcedores têm que entender que não vamos vencer todos os jogos. Nós não queríamos que o clube fosse vendido, mas foi. Precisamos ter paciência, dar apoio aos jogadores e ao Pochettino. Para mim, falta comunicação por parte do clube com a torcida. Não estou aqui pedindo para que nos prestem contas de tudo que fazem, mas que nos mostrem um plano de onde querem chegar.

Rodolfo Morsoletto
Rodolfo Morsoletto

Jornalista com passagens por Terra e OneFootball. Foi repórter setorista do XV de Piracicaba e atualmente é correspondente da PL Brasil em Londres.