Com brasileiro, redenção de Saka e herói improvável, Arsenal e Fulham empatam em jogo eletrizante

6 minutos de leitura

O Arsenal voltou a campo neste sábado (26), no Emirates Stadium, para receber o Fulham, em jogo válido pela 3ª rodada da Premier League. Com chance de assumir a liderança do campeonato, os Gunners sofreram gol de Andreas Pereira com menos de dois minutos, viraram para 2 a 1, mas sofreram o empate em um jogo eletrizante.

Dois brasileiros começaram jogando e ambos tiveram boas atuações: pelo Fulham, Andreas aproveitou o erro de Saka e marcou o primeiro gol da partida, além de ser destaque dos visitantes; Martinelli, pelo Arsenal, foi a principal arma dos mandantes na primeira etapa. Gabriel Jesus entrou no fim do segundo tempo, enquanto Gabriel Magalhães, Carlos Vinicius e Rodrigo Muniz ficaram no banco durante os 90 minutos.

Arsenal
26/08/23 - 11:00

Finalizado

2

-

2

Fulham

Arsenal - Fulham

England Premier League - Emirates Stadium

3rd Turno

Redenção de Saka

O jovem astro dos Gunners cometeu erro crucial que gerrou o gol do Fulham, mas comandou a virada da equipe mandante. Odegaard cedeu o lugar e foi Saka quem converteu o pênalti que empata o jogo aos 25 minutos do segundo tempo.

Saka Arsenal
Saka em partida do Arsenal contra o Fulham – Icon Sport

As mudanças de Mikel Arteta ajudaram os Gunners a crescerem de produção. Três jogadores com atuações apagadas, Trossard, Partey e Havertz, deram lugar a três que mudariam o jogo: Zinchenko, Fábio Vieira e Nketiah.

Vieira sofre o pênalti convertido por Saka e deu a assistência para Nketiah virar o placar. Zinchenko foi crucial para as fases iniciais de construção do Arsenal e ajudou o time a controlar a posse de bola.

Destaques de Arsenal x Fulham

Fábio Vieira – 8

O meia entrou no lugar de Havertz, que fez um jogo com diversos erros, e mudou o jogo. Mesmo com cerca de 30 minutos de jogo, sofreu um pênalti, deu uma assistência e ajudou a controlar a posse e criou grande parceria com Martinelli e Zinchenko pela direita.

João Palhinha – 7,5

O volante português foi dominante no primeiro tempo na marcação e ajudou o Fulham a neutralizar os Gunners durante os 45 minutos iniciais. Venceu sete dos seus 12 duelos ao longo do jogo e fez o gol de empate do Fulham aos 42 minutos do segundo tempo.

Saka – 7,5

O jovem foi do inferno ao céu na partida – depois de um erro crucial e minutos iniciais sem confiança, cresceu na partida e venceu a maioria de seus duelos de um contra um, além de ter marcado o gol de empate que fez os Gunners crescerem de produção no segundo tempo.

Andreas Pereira – 7

Andreas Pereira Fulham Arsenal
Foto: Icon Sport

O brasileiro aproveitou a “assistência contra” de Saka e o mau posicionamento de Ramsdale para finalizar de longe e abrir o placar. Além do gol, Andreas foi um dos grandes responsáveis por ajudar a neutralizar o camisa 7 dos Gunners e fez ótimo trabalho defensivamente, além de ser o desafogo com bola dos Whites, controlando o ritmo e ajudando em contra-ataques. Deixou o gramado lesionado aos 16 minutos do segundo tempo.

Gabriel Martinelli – 7

O camisa 11 dos Gunners foi o destaque do time no primeiro tempo e acumulou 0,53 de gols esperados (xG) em três chutes nos 45 minutos iniciais. Deixou de ter o grande peso no segundo tempo com outros destaques

Gabriel Jesus – sem nota

Jesus entrou nos acréscimos do segundo tempo e não teve tempo o suficiente para ter impacto no jogo.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]