Premier League anuncia datas da janela de transferências internacional

Desta vez, o período de negociações entre os clubes contará com a duração de 10 semanas

janela transferências internacional

Recentemente, a Premier League anunciou oficialmente os prazos referentes a janela de transferência da metade de 2020. Desta vez, o período de negociações entre os clubes contará com a duração de 10 semanas a partir do encerramento da atual temporada do Campeonato Inglês, competição que movimenta intensamente as casas de apostas, como a LeoVegas.

De acordo com informações oficiais, a janela vai iniciar em 27 de julho e se estenderá até 5 de outubro. No entanto, o planejamento ainda pode englobar mais um prazo para movimentações internas. Ou seja, uma janela somente para negociações domesticas.
Um período no qual os times da Premier Legue somente poderão negociar com as equipes da English Football League Championship (EFL), também conhecida como The Championship e equivalente à segunda divisão nacional no sistema de ligas do futebol inglês.

Essa janela domestica tende a acontecer entre 5 de outubro e 16 do mesmo mês. No entanto, esse novo prazo ainda necessita da aprovação da Fifa. Além disso, os clubes ingleses tiveram um prazo para fazer registros de novos atletas no dia 1º de julho. Todas as contratações concluídas depois dessa data só poderão ser registradas pela Liga quando a janela se abrir oficialmente.

Por isso, todos os negócios, temporários ou permanentes, divulgados pelas equipes da Premier League ainda estão sujeitos a autorização internacional e/ou detalhes administrativos antes de serem confirmados.

Vale lembrar que a Premier League ficou cerca de três meses paralisada devido a pandemia do novo coronavírus, que provocou ajustes no calendário mundial do futebol. Conforme reportagem do portal iGaming Brazil, “Premier League Projeta Retomada em Junho e Anima Casas de Apostas” e envolveu Aston Villa e Sheffield United em um confronto pela 28ª rodada.

O grande campeão desta da Premier League foi o Liverpool, que não conquistava um título desde 1990. Com alguma vantagem na tabela, a tendência é que o Manchester City permaneça na vice-liderança, enquanto as apostas se concentrarão na briga pelas vagas para a próxima Champions League. Sendo assim, Chelsea, Leicester e Manchester United devem batalhar até o último minuto.