Por que o Tottenham é o time mais temido pelo Manchester City e virou ‘pedra no sapato’ de Guardiola

5 minutos de leitura

Tottenham e Manchester City se enfrentam nesta sexta-feira (25), pela FA Cup, em Londres. Desesperados por um título que não vem desde 2008, os Spurs foram colocados frente ao adversário mais temido do futebol inglês nos últimos anos. Contudo, a situação também traz uma sensação de preocupação nos Citizens.

Isso porque o Totttenham tem sido uma pedra no sapato do Manchester City nos últimos cinco anos. O time da capital é um dos poucos a levar vantagem no confronto direto contra a equipe de Guardiola no recorte recente, e já mostrou, na atual temporada, como pode incomodar os atuais campeões de tudo.

Se há um time capaz de eliminar o City, esse é o Tottenham Hotspur.

O retrospecto de Tottenham e Manchester City desde o épico confronto na Champions League de 2019

  • 13 jogos
  • 6 vitórias do Tottenham
  • 5 vitórias do Manchester City
  • 2 empates

A vantagem dos Spurs é curta, mas existe. Desde que os times se enfrentaram na Champions League de 2018/19, o Tottenham vem levando a melhor. Na ocasião, a equipe comandada por Mauricio Pochettino venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e perdeu a volta por 3 a 2, em uma partida de tirar o fôlego. O critério de gol qualificado fez o time de Londres passar para enfrentar o Ajax.

Llorente celebra gol do Tottenham contra o Manchester City na Champions League (Foto: Icon Sport)

Dos times do Big Six da Premier League, o Tottenham é o único que consegue manter um retrospecto positivo diante do Manchester City no período.

Manchester United vs City (últimos 13 jogos)

  • 7 vitórias do City
  • 5 vitórias do United
  • 1 empate

Chelsea vs City (últimos 13 jogos)

  • 8 vitórias do City
  • 4 vitórias do Chelsea
  • 1 empate

Liverpool vs City (últimos 13 jogos)

  • 5 empates
  • 4 vitórias do City
  • 4 vitórias do Liverpool

Arsenal vs City (últimos 13 jogos)

  • 10 vitórias do City
  • 2 vitórias do Arsenal
  • 1 empate

Manchester City nunca marcou gols no Tottenham Hotspur Stadium

Dentro de casa, há um amplo domínio do Spurs. O Manchester City acumula cinco derrotas seguidas no novo estádio do Tottenham e sequer balançou as redes no território adversário. Pep Guardiola foi questionado sobre a situação na entrevista coletiva desta quinta-feira (25) e destacou que sempre há uma nova oportunidade de quebrar o tabu.

— Essa é a realidade, como é difícil para nós. Claro que é uma final, é uma fase eliminatória e para passar tem que fazer gols, caso contrário não é possível. É sempre uma nova oportunidade de quebrá-lo e a sensação é que na maioria das vezes fomos excepcionais… excepcional não é a palavra certa porque não conseguimos vencer, mas jogámos muito bem.

Guardiola, técnico do Manchester City )(Foto – Icon sport

Guardiola já provou do ‘veneno’ de Ange Postecoglou na atual temporada

As equipes se enfrentaram uma vez na atual temporada. O Tottenham superou as expectativas e arrancou um comemorado empate por 3 a 3, no Etihad Stadium. A partida foi muito eletrizante e teve domínio do Manchester City, mas os Spurs conseguiram ferir o adversário com contra-ataques muito potentes e traiçoeiros.

À ocasião, o Tottenham lidava com muitos desfalques e precisou jogar sem zagueiros de origem, com Emerson Royal e Ben Davies improvisados. O Manchester City não tinha De Bruyne, mas contava com Haaland. Essa situação se inverteu na atualidade, assim como o time de Ange Postecoglou, que tem mais opções à disposições.

Dejan Kulusevski e James Maddison estão à disposição do australiano e devem ser utilizados pelo Tottenham contra os Citizens. Quem vencer avança às oitavas de final da Copa da Inglaterra.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.