“Por que eu virei torcedor do… Newcastle”

Conheça a série especial da PL Brasil sobre a paixão dos torcedores pelos times ingleses que vai ao ar todas as sextas

0
731
torcedor newcastle
Alex Livesey/Getty Images

Quando eu digo para as pessoas que eu sou torcedor do Newcastle, automaticamente a resposta delas é: Você já viu aquele filme Gol? Parece clichê, mas foi assim que o clube despertou o meu interesse.

Lembro que estava na época de escola, quando as obrigações eram menores e eu pude assistir esse filme na Sessão da Tarde. Muitas coisas me encantaram, como o estádio, torcida, cidade, as cores do clube e todo o roteiro. Lembro que, no dia seguinte, o filme foi assunto entre todos os meus colegas de sala e eu já estava ansioso para ver novamente.

Foi, a partir daí, que comecei a pesquisar mais sobre o clube e procurar saber quais eram seus próximos jogos. Assim, acabei descobrindo que o time jogaria no sábado contra o Fulham no Craven Cottage. Então, decidi assistir meu primeiro jogo. Não dei muita sorte, já que o Newcastle havia perdido por 5 a 2, mas o time ainda estava bem posicionado na tabela.

A minha primeira temporada acompanhando o clube foi certamente a mais feliz nesses 10 anos em que torço para o Newcastle. Foram vitórias épicas sobre Manchester United, Chelsea e Liverpool. Além disso, uma última rodada com chances de o clube se classificar para a Champions League. Infelizmente, uma derrota contra o Everton minou qualquer possibilidade disso acontecer e o Newcastle foi para a Liga Europa.

Ainda assim, seria a minha primeira vez acompanhando o clube numa competição europeia. A trajetória foi emocionante e dolorosa pela forma que terminou. O Newcastle chegou às quartas de final, mas acabou eliminado para o Benfica em dois jogos muito disputados.

LINDSEY PARNABY/AFP via Getty Images

Foi nessa temporada em que ganhei minha primeira camisa. Meu irmão havia me dado de presente de aniversário a camisa da temporada 2012/2013. Nos dias de hoje, ela já não me serve como antes, mas guardo de recordação como um dos presentes mais legais que já ganhei.

De lá para cá, foram anos difíceis. Poucos investimentos, descaso de dono e diretoria com o clube e contratações sem nexo. No entanto, a ambição da torcida, a paixão da cidade com o clube e o tamanho da camisa do Newcastle, me fizeram ter esperanças de poder sonhar com dias melhores.

Em uma dessas temporadas, o clube caiu para a Championship. A queda ainda veio após uma vitória do rival Sunderland, para tornar tudo ainda mais dolorido. Nessa época, me questionei como iria fazer para assistir os jogos e se eu manteria o mesmo fanatismo dos últimos anos.

Foram 46 jogos, sendo que apenas um tinha sido transmitido para o Brasil. A temporada se baseou em uma busca desenfreada por links, acompanhar jogos por aplicativos, Twitter e até tentar ouvir os jogos pelas rádios locais. Acredito que ali tenha sido o ápice da minha paixão e foi nessa temporada que eu tive a convicção de que eu torceria pelo Newcastle para o resto da minha vida.

Nesse período, ganhei duas camisas do clube de uma forma em que me senti muito querido.

Em uma das ocasiões, estava em um churrasco com amigos da faculdade e meu aniversário tinha sido poucos dias atrás. Até que meus amigos me entregaram um papel e pediram para eu abrir. Para minha surpresa, lá estava um código de rastreamento de uma camisa do Newcastle que chegaria em breve. Me emocionei, pois meus amigos já tinham noção do que o clube significava para mim.

A outra camisa chegou de forma curiosa. Meu amigo estava dando uma geral no seu armário, quando encontrou uma camisa do clube dos anos 1990. No entanto, ele não fazia questão da camisa e nem pestanejou em perguntar se eu queria. Ele me presenteou com a camiseta, que é certamente uma das camisas mais lindas que eu tenho.

Essa é minha história com o Newcastle. Ainda não conheço o St James' Park e sequer viajei para fora do Brasil. Tinha uma viagem marcada para Portugal no início de 2020 em que almejava uma passada na Inglaterra, mas ela acabou cancelada por conta da pandemia.

Os tempos são sombrios pro nosso time. O dono mostra cada vez mais descaso, o diretor de futebol não aparece mais, o treinador demonstra cada vez mais não ser digno treinar o Newcastle e ainda há certo descaso da Premier League com relação a uma possível venda do clube.

No entanto, a esperança de dias melhores que nos mantém aqui. Assistindo aos jogos e tentando levar um conteúdo de qualidade sobre o Newcastle para quem torce ou tem interesse em saber. Um dia, essa ambição do torcedor vai se realizar e esse tradicional clube do Nordeste inglês vai se reerguer e estaremos aqui para presenciar.

Howay the Lads!

Confira outros textos da série

Por que eu virei torcedor…do Aston Villa

Por que eu virei torcedora do…Manchester City

“Por que eu virei torcedor do… Everton”

Não há posts para exibir