Segue o líder! Ponta e garçom, Richarlison ajuda o Tottenham em mais uma vitória na Premier League

4 minutos de leitura

O Tottenham venceu tranquilamente o Fulham por 2 a 0 nesta segunda-feira (23), no encerramento da 9ª rodada da Premier League. Son abriu o placar no primeiro tempo, com assistência de Richarlison, e James Maddison marcou o segundo na etapa final.

A vitória isola os Spurs na liderança da tabela, com 23 pontos. São dois a mais que Manchester City e Arsenal, que dividem a segunda colocação. É o melhor início do Tottenham na história da Premier League. Já os Cottagers ficam estacionados em 13º lugar, com 11 pontos.

Richarlison assiste Son, que comanda vitória do Tottenham

Richarlison – 7,0

O camisa 9 atuou mais uma vez pela ponta-esquerda e teve ótima participação na vitória dos Spurs. Foi aberto por esse lado do campo, numa posição diferente da qual joga na seleção brasileira, que Richarlison foi fundamental na pressão exercida pelo ataque do Tottenham e serviu Son no gol que abriu o placar, aos 36 minutos do primeiro tempo. Também estava pressionando a defesa no lance do segundo gol, embora não tenha tocado na bola. Foi substituído por Brennan Johnson no fim.

Son – 8,0

Se Richarlison foi o ponta-esquerda, Son foi quem atuou centralizado no ataque. E foi assim que o sul-coreano comandou a vitória do Tottenham. O camisa 7 fez o primeiro gol, com um lindo tapa no ângulo de Leno, e deu o passe para Maddison tocar na saída do goleiro e fechar o 2 a 0. A exemplo de Richarlison, exerceu com perfeição a pressão na saída de bola do Fulham que resultou nos dois gols da partida, e parece recuperar sua melhor fase depois de uma temporada apagada em 2022/23. Saiu para a entrada de Lo Celso antes do apito final.

Willian – 6,0

O único brasileiro do Fulham que não foi substituído no intervalo — e que ficou até o final — foi quem mais tentou entre todo o time visitante, mas não estava no seu dia mais inspirado. Willian acertou dois dribles, deu dois passes para chutes e sofreu quatro faltas diante do Tottenham, que quase foi seu destino quando chegou na Inglaterra.

Andreas Pereira – 5,0

Pouco destaque para o meia brasileiro, que deu passe para duas finalizações mas ficou apenas 45 minutos em campo. Foi substituído por Iwobi no intervalo.

Carlos Vinícius – 5,0

Outro que ficou somente um tempo em campo. Deu um chute, mas para fora do gol. Raul Jimenez começou o segundo tempo no seu lugar.

Próximos jogos

  • Crystal Palace x Tottenham – sexta-feira (27), às 16h – Premier League
  • Brighton x Fulham – domingo (29), às 11h – Premier League
Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]