Com polêmica no fim, Manchester City alcança feito inédito e tira o Tottenham da Copa da Inglaterra

4 minutos de leitura

O Manchester City venceu o Tottenham nesta sexta-feira (26) por 1 a 0. O jogo foi realizado no Tottenham Hotspur Stadium, válido pela quarta rodada da Copa da Inglaterra. O gol foi marcado por Nathan Aké, em lance polêmico e que gerou muitas reclamações dos donos da casa.

Com o resultado, os Citizens garantem a classificação para as oitavas de final da FA Cup. Além disso, quebraram uma marca importante: venceram pela primeira vez no Tottenham Hotspur Stadium. Por outro lado, os Spurs estão eliminados do torneio.

Manchester City não transforma domínio em gols

O Manchester City dominou boa parte do primeiro tempo e apresentou ritmo forte de jogo desde o apito inicial. Logo aos cinco minutos a equipe abriu o placar. Pelo lado direito, Walker cruzou e Foden finalizou da entrada da pequena área, parando na ótima defesa de Vicario. No rebote, Bobb completou para o fundo do gol, mas foi anulado por posição de impedimento do jogador.

Embora tenha dominado as ações, os Citizens não transformaram o controle do jogo em gols. A equipe encerrou a primeira etapa com dez finalizações, mas apenas duas foram em direção ao gol.

Por outro lado, o Tottenham procurou se defender e tomou a iniciativa de arriscar algumas jogadas no ataque apenas na reta final do primeiro tempo. Entretanto, o time não finalizou nenhuma vez nos primeiros 45 minutos de jogo.

Aké salva o Manchester City com gol polêmico

O cenário do segundo tempo foi semelhante a etapa inicial. O Manchester City dominou as ações, apresentando muita intensidade, mas não transformou as oportunidades em gols, mesmo recebendo alguns presentes do adversário.

Nos primeiros minutos da volta do intervalo, os Citizens recuperaram a posse no campo de ataque, Bobb cruzou pela esquerda e Álvarez recebeu ótima oportunidade para balançar as redes, mas foi travado na hora da finalização por Micky van de Ven.

Na reta final do confronto, a defesa do Tottenham assustou os torcedores em dois lances envolvendo Hojbjerg. O primeiro, o meio-campista furou ao tentar fazer o corte no cruzamento e a bola sobrou para Bernardo Silva, que finalizou nas mãos de Vicario. No lance seguinte, o volante voltou a falhar, dessa vez na saída de bola e Kevin De Bruyne finalizou para fora.

O confronto encaminhava para o “replay” na Copa da Inglaterra, quando o zero saiu do placar em um lance polêmico. De Bruyne cobrou escanteio, Vicario tentou o corte e Aké completou para o fundo do gol. Os jogadores do Tottenham reclamaram muito com a arbitragem, alegando falta envolvendo o defensor dos Citizens.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.