Playoffs da League One: quais times vão subir para a Segundona?

Saiba mais sobre os times que ainda podem subir para a Championship 2018/19

0
455
Playoffs da League One: quais times vão subir para a Segundona?
playoffs da league one

A 3ª divisão da Inglaterra terminou no dia 4 de maio e muito do que precisava ser definido na competição teve fim nessa data. O campeão da League One também foi decretado nos instantes finais, com o Luton Town vencendo o Oxford por 3 a 1. Porém, por mais que a taça tenha sido levantada, ainda existe um detalhe muito importante a ser resolvido: os playoffs da League One.

Charlton, Portsmouth, Sunderland e Doncaster foram os times que conseguiram uma última chance de disputar a Championship de 2019/2020. Os três primeiros já estavam garantidos no embate quadrangular, enquanto o Donny obteve sua oportunidade ao bater o Convetry por 2 a 0 na rodada final.

Os duelos pela única vaga restante de acesso à 2ª divisão serão ferozes e abaixo será possível conhecer um pouco mais sobre a temporada de cada uma das equipes que irá disputar os playoffs da League One.

Sunderland

O time do norte da Inglaterra será o primeiro a entrar em campo junto ao Portsmouth. A equipe terminou com 5ª posição nesta que foi sua primeira temporada na League One depois do segundo rebaixamento seguido.

Os Black Cats investiram cerca de 3,4 milhões de euros em reforços, segundo o Transfermarkt. A contratação mais cara e que talvez tenha sido a grande sensação foi a de Will Grigg.

O norte-irlandês já foi importante em uma disputa da League One, pelo Wigan, na temporada 2015/16 quando ajudou o time a chegar ao título fazendo 25 gols na liga.

Leia mais: Sunderland ‘Til I Die: série revela o doloroso rebaixamento dos Black Cats

No entanto, Grigg chegou apenas em janeiro e para substituir Josh Maja, a joia da base que havia sido vendida para o Bordeaux. Pouco pôde fazer para acrescer o nível do ataque do Sunderland, fazendo apenas quatro gols em 15 partidas como titular.

Os 85 pontos conseguidos na temporada vieram de uma boa campanha no início da competição. Em dado momento, emplacou cinco vitórias consecutivas e uma delas sendo contra o Doncaster fora de casa. Porém, a equipe perdeu força no fim e deu sequência a diversos empates que o tiraram de uma chance por classificação direta.

O grupo chega aos playoffs da League One com o peso de trazer um time tradicional de volta a 2ª divisão, para enfim tirar angústia da torcida dos Black Cats que viveu em suas últimas duas temporadas o pesadelo de cair da Premier League para a League Two.

Portsmouth

O Porstmouth foi campeão da Checkatrade Trophy pela primeira vez em sua história. A competição começou a ser disputada na temporada de 1983/84.  (by Joe Pepler – PinPep)

O Pompey conseguiu para os playoffs da League One ao ficar na 4ª colocação da fase de pontos corridos da liga. Foram 88 pontos adquiridos, os mesmos do Charlton que ficou em 3º. Os comandados de Kenny Jackett fizeram uma temporada bem regular, mas viveram uma fase ruim entre janeiro e fevereiro quando não venceram por oito partidas seguidas.

O auge da temporada até os momentos prévios aos playoffs foi na Checkatrade Trophy, competição que tem como participantes os times da 3ª e 4ª divisão além de grupos sub-21 de clubes de Premier League e Championship. O Portsmouth chegou à final com 100% de aproveitamento e chegou ao pódio depois de vencer o Sunderland nos pênaltis.

Leia mais: Southampton x Portsmouth: a história do derby da Costa Sul

Contra os rivais do norte, o clube da costa sul da Inglaterra obteve bons resultados durante essa temporada. Venceram no Fratton Park por 3 a 1 e empataram fora de casa. Conseguiram esses resultados mesmo investindo menos no time. A única contratação com valores revelados foi a de Andy Cannon, que custou 165 mil euros.

Como destaque ofensivo o ponta Jamal Lowe. Com 15 gols na League One e um deles no empate em 1 a 1 contra os Black Cats. A fase neste último mês lhe rendeu uma indicação ao prêmio de melhor jogador de abril. Na defesa, Matt Clarke se sobressai. O zagueiro, eleito o melhor do clube na temporada, jogou 46 partidas e fez 3 gols.

Para o embate, o clube de Portsmouth chega mais confiante e favorito mesmo com os maiores investimentos dos rivais. Com 83 gols marcados na League One, foi o time mais goleador dentre os competidores e isso pode ser uma vantagem ainda mais com Lowe conhecendo bem os caminhos para furar a zaga do Sunderland.

Doncaster Rovers

O clube de Doncaster é, dentre os quatro participantes, o “menos tradicional”, mas não por isso não pode ser um perigo para seus adversários. Conseguiu a vaga na última rodada e terminou a temporada na 6ª posição com 73 pontos.

O melhor momento, no entanto, veio entre os meses de novembro e dezembro quando conseguiu uma boa sequência de pontos e venceu o Charlton fora de casa em partida válida pela FA Cup. No duelo direto: equilíbrio. Uma vitória para cada time e um empate, nos três confrontos realizados nessa temporada.

Leia mais: 10 escoceses que marcaram seus nomes no Campeonato Inglês

Dentre os empréstimos e contratos com custo zero, o Doncaster Rovers não gastou diretamente com contratações. Comandados por Grant McCann, tiveram de superar as limitações e chegam na fase como azarões apesar de querem provar que são merecedores de estar entre os 6 melhores da liga.

A maior esperança individual, de um grupo que se fortaleceu pelo conjunto, está em John Marquis. O atacante de 26 anos marcou 21 gols nessa League One, o que o responsabiliza diretamente por 28% das bolas que o Doncaster enfiou nas redes adversárias. O meio-campo Ben Whiteman e o jovem Mallik Wilks também merecem destaque e podem fazer a diferença contra o Charlton.

“Underdog” foi o termo usado pelo técnico McCann para definir como os adversários e a os especialistas viam o Doncaster Rovers quando eles atingiram posições altas na tabela. Seria esse estigma superado ao fim dos playoffs?

Charlton Athletic

Melhor colocado na classificação por pontos, os Addicks não tiveram um início tão bom de temporada como seus adversários. Porém, conseguiram melhorar durante o decorrer da League One e acabaram na 3ª posição da liga com 88 pontos.

A reta final da equipe na competição foi seu melhor momento em resultados, emplacando sete vitórias em oito partidas disputadas. Nesse período venceram o time que seria campeão da liga, o Luton Town, pelo placar de 3 a 1 em partida jogada em casa.

Lee Bowyer, técnico do time, assumiu a equipe em setembro de 2018 e pode ser considerado um dos responsáveis pela guinada na League One.

Assim como o Doncaster, não gastou efetivamente com contratações segundo o Transfermarkt. Ainda assim conseguiu empréstimo de duas jovens promessas de times de expressão na Inglaterra, Josh Cullen (West Ham) e Krystian Bielik (Arsenal). Ambos estiveram frequentemente entre o time titular.

Os holofotes no ataque ficaram por conta de Lyle Taylor, que marcou os mesmos 21 gols na liga que o destaque de seu adversário. Além dos tentos marcados, o atacante realizou nove assistências para gol, o que totaliza 30 participações nos 73 gols marcados pela equipe na temporada.

A equipe chega como favorita para o duelo por terminar melhor a temporada e estar classificada em uma posição mais confortável. Porém, enfrentar o Doncaster em um mata-mata não será fácil. A equipe já foi derrotada uma vez essa temporada, pela FA Cup, mesmo jogando em casa. Teriam a revanche?

Datas das Partidas:

11 de maio (Sábado) – Sunderland x Portsmouth

12 de maio (Domingo) – Doncaster Rovers x Charlton Athletic

16 de maio (Quinta-feira) – Portsmouth x Sunderland

17 de maio (Sexta-feira) – Charlton Athletic x Doncaster Rovers

26 de maio (Domingo) – Final dos Play-offs da League One