Outro jogador importante deixa o Blackburn de forma gratuita

Outro jogador importante deixa o Blackburn de forma gratuita
Foto: Reprodução/Twitter/Blackburn

Uma notícia que certamente não agradará à torcida do Blackburn é que mais um jogador importante do elenco do clube não chegou a um acordo de renovação de contrato e sairá da equipe ao fim deste mês. O nome da vez é Ryan Nyambe. Inclusive, vale ressaltar que o jogador é um dos nomes do atual elenco que vieram da academia dos Rovers.

Assim, está definido que Nyambe deixará Ewood Park ao fim de seu atual vínculo, saindo de forma gratuita ao fim do contrato, que se encerra no dia 30 de junho.

Nesse sentido, o lateral direito de 24 anos que somou 201 partidas no elenco principal dos Rovers teve algumas propostas de renovação, após ter a sua cláusula de mais um ano ativada na temporada passada. 

Além disso, desde abril ambas as partes voltaram a tentar negociar um novo vínculo, mas nenhum acordo foi firmado desde então. Assim, Nyambe nem mesmo retornou para as atividades de pré-temporada, já sabendo que não permanecerá no Blackburn.

A carreira de Nyambe no clube

Primeiramente, o jogador natural de Namíbia chegou ao clube de Lancashire aos 13 anos, 3 após  de se mudar de seu país natal para Manchester. Logo, fez parte de todas as categorias de base dos Rovers, sendo promovido ao elenco principal em julho de 2016.

Imediatamente, já na temporada 16/17 o lateral atuou 25 vezes na Championship pelo Blackburn, além de ter participado de algumas partidas do sub-23 e atuado em algumas partidas das copas. Então, sua primeira temporada na equipe principal já foi bastante produtiva, apesar do rebaixamento.

Posteriormente, em 17/18 a equipe se encontrava na League One, a 3ª divisão inglesa, mas o lateral era um dos nomes preferidos de Tony Mowbray e atuou 35 vezes em todas as competições, sendo 29 dessas, na liga.

Retorno à Championship

Assim, a equipe de Ewood Park retornou à 2ª divisão, mas Nyambe não perdeu seu lugar, sendo novamente, nome importante nas escalações do Blackburn. Portanto, o lateral teve uma temporada parecida com a anterior, com 34 atuações e as mesmas 29 na liga, dessa vez, na Championship.

Logo após, agora com 21 anos, o lateral teve outra temporada de grande participação, atuando 31 vezes na liga, enquanto a equipe alcançava a 11ª colocação, após a 15ª posição na temporada de retorno.

A temporada seguinte, 20/21, foi a que o jogador mais atuou, foram 38 partidas na Championship e 1 na copa, solidificando seu nome nos 11 iniciais. Além disso, o jogador conseguiu 4 assistências, o maior número de sua carreira.

Por fim, em 21/22 o jogador sofreu um pouco com lesões, mas terminou a temporada com 31 aparições, lutando com o Blackburn até o fim pelos play-offs. Porém, a equipe terminou a temporada em 8º lugar, após cair bastante de qualidade no fim da temporada.

Em suma, Ryan Nyambe atuou 201 vezes pela equipe, nunca marcou um gol, mas contribuiu com 7 assistências.

O que esperar do futuro de Nyambe

Em primeiro lugar, até o momento não está claro se Nyambe já possui propostas de um novo clube. Entretanto, no último verão o Stoke fez sondagens sobre o atleta, mas os Rovers não negociaram e mantiveram o lateral em Ewood Park. Além, disso, o West Bromwich também demonstrou interesse em fortalecer sua lateral direita.

Por fim, houveram ainda especulações do Bournemouth, que retornou à Premier League. Mas os Cherries contrataram Ryan Fredericks recentemente para a posição.

Foto: Reprodução/Twitter/Blackburn

O impacto no Blackburn 

Agora, os Rovers com certeza precisarão rever quais medidas tomar para a próxima temporada. Primeiramente, porque Nyambe é o 3º jogador neste verão que deixa o clube gratuitamente, se juntando a Joe Rothwell e Darragh Lenihan. Para contexto, enquanto o primeiro foi confirmado no Bournemouth, o ex-capitão da equipe foi anunciando recentemente no Middlesbrough.

Além disso, o Blackburn perdeu 5 jogadores frequentes no 11 inicial da equipe na última temporada. E ainda, Bradley Johnson e Jacob Davenport não tiveram seus contratos renovados pelo clube.

Por fim, vale ressaltar que os Rovers precisarão repor a saída de Nyambe se quiserem ter uma equipe competitiva. Vale ressaltar que houve uma tentativa de já se preparar para essa transição, quando a equipe contratou Deyovaisio Zeefuik por empréstimo de 6 meses.

Entretanto, o holandês que veio do Hertha pouco conseguiu impressionar, atuando em apenas 6 partidas e ficando a maioria do tempo lesionado.

Da mesma forma, James Brown também chegou em janeiro e atua na posição, chegando do Drogheda United. Porém, o irlandês de 24 anos só conseguiu atuar na última partida da Championship pelo elenco principal.

Bem como, a equipe pode apostar também em Joe Rankin-Costello, jogador da base de 22 anos.

Por fim, é um momento delicado no clube, onde apesar de um novo projeto estar sendo construído, é importante que a equipe mantenha seus principais jogadores ou pelo menos lucre com os mesmos.