Ossie Ardiles: um argentino na Inglaterra, em plena guerra das Malvinas

Argentino virou ídolo dos Spurs na década de 1980

2
364
Ossie Ardiles: um argentino na Inglaterra, em plena guerra das Malvinas

A Grã-Bretanha ocupa as Ilhas Malvinas desde 1883, mas a Argentina nunca aceitou bem essa situação. Quase 100 anos depois, o ditador argentino Leopoldo Galtieri decidiu enviar tropas para invadir as Malvinas, e no dia 2 de abril de 1982 a capital Stanley foi tomada pelos hermanos. O conflito durou pouco mais de dois meses e contabilizou cerca de mil soldados mortos. No dia seguinte, o argentino Ossie Ardiles participava de forma fundamental na classificação do Tottenham para a final da Copa da Inglaterra, após um jogo sob intensas vaias da torcida inglesa.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • Quem disputou mais jogos na Premier League?

A trajetória de Ossie Ardiles

Após fazer boas atuações no Belgrano e no Huracán, Ardiles conseguiu sua primeira convocação para a seleção argentina em 1975. Depois disso, nunca saiu mais de lá. Em 1978, Osvaldo jogou a Copa do Mundo em seu país e foi campeão titular pela Argentina.

Com o sucesso no Mundial, a seleção argentina virou uma das principais vitrines para o futebol europeu, principalmente para o Tottenham. De uma só vez, os Spurs levaram dois campeões mundiais para a Inglaterra: Osvaldo Ardiles e Ricardo Villa.

O principal alvo do time londrino era Osvaldo, mas viu que seria mais fácil a adaptação do meia argentino se um compatriota fosse junto. E isso explica a ida de Ricardo Villa para os Spurs. O técnico do Tottenham, à época, Keith Burkinshaw foi até a Argentina buscar pessoalmente os dois.

Logo na sua chegada ao Tottenham, Osvaldo fez boas atuações e foi apelidado pela torcida de Ossie Ardiles. Sua passagem pelo Tottenham resultou em três títulos, duas Copas da Inglaterra (FA Cup) e uma Copa da UEFA (Atual UEFA Europe League).

Leia mais O maior artilheiro de cada continente na Premier League

ossie ardiles

A Copa da Inglaterra de 1982 foi a conquista mais especial para Ossie Ardiles. A semifinal aconteceu um dia após a Guerra das Malvinas começar. Mesmo sendo alvo de vaias durante os 90 minutos, Ardiles não se intimidou e ainda conseguiu dar uma assistência.

Com o final do jogo, a classificação do Tottenham para a final. Depois dos 90 minutos, Ossie Ardiles foi aplaudido pela torcida dos Spurs e fez com que a torcida inglesa gritasse “Argentina!” em plena guerra entre os dois países.

Aquela seria a última partida de Ossie em sua primeira passagem nos Spurs. No dia seguinte, Ardiles viajou para Buenos Aires, onde a Argentina se reuniria para uma concentração intensa para a Copa do Mundo de 1982.

Naquela altura da temporada, o Tottenham brigava em outras frentes. No Campeonato Inglês, o time estava a nove pontos de distância do líder Liverpool, mas os Spurs tinham três jogos a menos.

Além disso, o Tottenham ainda iria disputar a semifinal da Recopa Europeia contra o Barcelona. Claramente, a falta de Ardiles seria muito sentida na busca dos Spurs em busca dos títulos.

Havia certa expectativa que Ossie retornasse para disputar a final da Copa da Inglaterra, que seria disputada contra o Queens Park Rangers em Wembley, mas essa expectativa não se concretizou.

Após a Copa do Mundo, Ardiles não retornou para White Hart Lane e acabou indo ao Paris Saint-Germain por empréstimo.

Leia mais Conheça todos os artilheiros da era Premier League

A Guerra das Malvinas terminou em 14 de junho de 1982, e mesmo após o fim da guerra, Ossie não se sentia bem em Londres. Em uma entrevista dada ao jornal El Gráfico em 2011, Ardiles lembrou esta sensação:

“Havia terminado o mundial e a guerra, mas a imprensa fazia tudo muito difícil. Para a argentina, eu era um traidor; para a inglesa, um espião. Tudo o que dizia era olhado com 20 lupas e se interpretava mal, então pedi ao clube que me transferisse. O técnico não queria saber de nada. O presidente me disse que fosse à Argentina e que quando estivesse bem, voltasse. Eu não podia ficar parado”, recordou.

O argentino permaneceria no PSG até o dia 29 de dezembro, data de sua reapresentação ao Tottenham. Sua reestreia aconteceria apenas no dia 15 de janeiro contra o Luton Town em Kenilworth Road pela Copa da Liga Inglesa.

No entanto, Ossie só atuaria pelos Spurs mais uma vez naquela temporada. Em 1985, Ardiles foi emprestado para o St. George Saints.

Ardiles ficou no Tottenham por dez anos, depois disso foi vendido para o Blackburn. Ainda rodou por Queens Park Rangers, Fort Lauderdale Strikers e Swindon Town, até encerrar sua carreira em 1991.

Após a carreira como jogador, Osvaldo Ardiles foi treinador em mais de 5 clubes, incluindo Tottenham, Newcastle e West Bromwich.

Não há posts para exibir

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.