Osasuna – História, estatísticas e conquistas

Osasuna – História, estatísticas e conquistas
Club Atlético Osasuna

Club Atlético Osasuna é um time de futebol espanhol que tem 101 anos de história. A equipe manda seus jogos no estádio El Sadar, que tem capacidade para 23.576 torcedores.

Club Atlético Osasuna

O clube foi fundado no dia 24 de outubro de 1920, após a fusão de Sportvida Foot-ball ClubNew Club, dois clubes de Pamplona, cidade-sede do Osasuna.

No entanto, investigações do Archivo Real y General de Navarra indicam que a Sportiva Foot-ball Club mudou seu nome para Club Osasuna em 1920.  Em 1926, houve a alteração para Club Atlético Osasuna, denominação vigente até hoje.

Osasuna – fundação, conquistas e ascensão

Primeiramente, apesar de antiga, a equipe nunca foi campeã da Liga Espanhola e nem da Copa do Rei. Entretanto, foi campeão quatro vezes da Segunda Divisão, a LaLiga Smartbank, sendo o mais recente em 2018/19.

Apesar de nunca ter sido campeão, o Osasuna participa frequentemente da LaLiga, elite espanhola, e sua melhor classificação foi a 4ª posição. Nesse sentido, em 2022/23, terá a oportunidade de jogar a primeira divisão pela 41ª vez. É o 14º na classificação histórica da Liga. Na Copa do Rei, foi finalista em 2005, quando perdeu para o Real Betis.

Em competições internacionais, participou da Champions League em 2006/07, quando caiu na fase classificatória. Com isso, foi à Europa League, a qual foi eliminado na semifinal para o Sevilla, que seria campeão. Além disso, esteve presente em outras três edições da Liga Europa.

Mercado de transferências do Osasuna

Por mais que seja tradicional, o Osasuna não costuma protagonizar no mercado da bola. No entanto, como todo grande time, já teve grandes jogadores no elenco, como Azpilicueta, lendário jogador do Chelsea, e Raúl García, que hoje joga no Athletic Bilbao, por exemplo.

Além disso, segundo a imprensa espanhola, o clube busca jogadores em fim de contrato para não ter custos na aquisição. A saber, a posição que o Osasuna mais busca reforços é o gol. Assim, surgem rumores de que Aitor Fernández, titular do rebaixado Levante, é o favorito da diretoria.

Enquanto nada se concretiza, a PL Brasil separou os principais investimentos feito pelo Osasuna no mercado da bola em sua história. Dessa forma, confira as cinco contratações mais caras de todos os tempos do clube.

Ante Budimir por €8 milhões vindo do Mallorca

A maior contratação da história do Osasuna aconteceu no mercado de transferências do início da última temporada. Assim, em julho, o clube desembolsou 8 milhões de euros para contar com Budimir, atacante do Mallorca. O centroavante já havia defendido o Osasuna na temporada 2020/21 por empréstimo e foi contratado efetivamente em 2021/22.

No seu período de empréstimo, jogou 32 jogos e marcou 12 gols. Após isso, passou a ser jogador do Osasuna. Foram 30 partidas, nove bolas na rede e duas assistências. Ao todo, são 21 gols em 62 jogos.

Rubén García por €3,50 milhões vindo do Levante

O ponta esquerda foi comprado por 3,5 milhões de euros no mercado da bola de 2019/20. Assim, também defendeu o Osasuna em uma temporada de empréstimo. Assim, em 2018/19, jogou 38 vezes, marcou sete gols e deu quatro assistências.

Após isso, o Osasuna desembolsou a quantia milionária citada e passou a contar com o atleta em definitivo. Desde então, foram 108 jogos, 12 gols e 14 assistências. Ao todo, pelo clube, conta com 146 partidas, 19 tentos e 18 passes para seus companheiros. Por jogar frequentemente, não existem rumores de saída do atleta no mercado da bola.

Dady por €3,50 milhões vindo do Belenenses

A contratação mais antiga da lista é do cabo-verdiano Dady, que defendia o Belenenses, de Portugal. O clube espanhol desembolsou 3,50 milhões de euros em 2007/08 para contar com o centroavante que, à época, tinha 25 anos.

Desde que aterrissou na Espanha, o atleta jogou 54 jogos e marcou 11 gols. A saber, saiu a custo zero para o Bucaspor, da Turquia, no mercado de transferências de 2010/11.

Masoud Shojaei por €3,50 milhões vindo do Sharjah FC

Mais uma contratação antiga, o iraniano chegou ao Osasuna após rumores no mercado da bola de 2008/09. Assim, chegou ao clube após uma passagem pelo Sharjah FC, dos Emirados Árabes Unidos.

Em cinco temporadas no futebol espanhol, o iraniano jogou 111 jogos e marcou nove gols. Com a passagem decepcionante, deixou o clube em 2013/14, rumando ao Las Palmas de graça.

Enric Gallego por €3 milhões vindo do Getafe

Mais uma contratação feita após um período de empréstimo, o centroavante Enric Gallego chegou em 2020/21, após ter defendido o Osasuna na temporada anterior, embora ainda pertencesse ao Getafe.

Pela seu tempo de empréstimo, foram 12 jogos e três gols. Isso fez com que o Osasuna investisse na contratação do centroavante de 33 anos à época. No entanto, defendeu o clube em apenas uma temporada, pois teve seu contrato rescindido.

Durante a temporada 2020/21, jogou 26 jogos, marcou um gol e deu três assistências. O desempenho abaixo do esperado fez o clube rescindir seu contrato com o centroavante sobrando quase uma temporada.

Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.
Artigo anteriorMallorca – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoRayo Vallecano – História, estatísticas e conquistas