O que acontece com Memphis Depay

1 minuto de leitura

Memphis sofreu uma lesão no mês de setembro, desde então, não foi relacionado para nenhuma partida, perdendo 12 jogos por conta da lesão na coxa. No início desta semana, o centroavante holandês pediu permissão ao Barcelona para poder viajar para Holanda, assim, continuar o tratamento em seu país.

Memphis focado na Copa do Mundo

O Barcelona joga diante do Osasuna, nesta terça-feira (08), às 17h30 (horário de Brasília), no Estádio Reyno de Navarra, válido pela 14ª rodada da La Liga 2022/23. Então, por conta da lesão na coxa, Memphis não está na lista de relacionados.

Segundo o MundoDeportivo, o holandês pediu permissão ao clube espanhol para terminar a recuperação e estar 100% para a Copa do Mundo de 2022. O Barcelona aceitou o pedido e o jogador está na Holanda junto com um personal trainer.

Após o jogo diante do Osasuna, o Barça terá mais um treino na quarta-feira e depois encerra as atividades por conta do mundial. Apesar da lesão na coxa, Memphis será convocado pela Seleção Holandesa e deve ser titular.

Com a chegada de Lewandowski e também por conta da lesão, Memphis participou de poucas partidas na temporada 2022/23. Em resumo, o holandês possui três jogos e marcou um gol diante do Elche, válido pela 6ª rodada do Campeonato Espanhol.

Uma possível transferência após a Copa do Mundo 

Memphis possui contrato com o Barcelona até junho de 2023. Na última janela de transferências, o holandês tentou rescindir com o clube Catalão e assinar com outra equipe. Contudo, isso não aconteceu.

A partir de janeiro, o jogador pode assinar um pré-contrato com qualquer clube. Em contrapartida, o Barcelona deve tentar negociar o holandês e conseguir uma quantia em uma possível venda.

Com a Copa do Mundo, o atacante só volta ao Barça após a participação da Seleção Holandesa no mundial, mas o futuro do jogador permanece incerto na Catalunha.

Foto/ Divulgação: FC Barcelona

Caio Henrique
Caio Henrique

Apaixonado desde criança pelo futebol europeu. Estudo jornalismo por conta desse esporte e também por amar futebol americano.
Já trabalhei em uma rádio, sendo responsável por um programa esportivo. Atualmente, sou setorista do Barcelona, clube que tenho um carinho especial desde 2006.