O primeiro título de Copa da Inglaterra do Liverpool

Reds bateram o Leeds na grande final após dois vices

0
285
O primeiro título de Copa da Inglaterra do Liverpool
Foto: Liverpool Echo

Quando o Liverpool entrou para disputar a Copa da Inglaterra de 1965, seus dois principais rivais – Everton e Manchester United – já eram campeões do torneio. Clubes como Arsenal, Manchester City e Tottenham também já tinham vencido a competição mais antiga do mundo. E nada dos Reds.

Entretanto, sob o comando de Bill Shankly, isso muda. No dia 1º de maio de 1965, em um Wembley com cerca de 100 torcedores, o Liverpool venceu o Leeds United por 2 a 1 na prorrogação e se consagrou campeão da Copa da Inglaterra pela primeira vez. Quer saber como isso aconteceu? A PL Brasil relembra!

Caminhada até a final da Copa da Inglaterra

A campanha do Liverpool rumo ao primeiro título da Copa da Inglaterra começou no dia 9 de janeiro de 1965, diante do West Bromwich. Com gols dos atacantes Roger Hunt e Ian St. John, os Reds bateram os Baggies por 2 a 1 e avançaram à próxima fase, onde enfrentariam o Stockport County.

E mesmo em um Anfield com cerca de 51 mil pessoas, o Liverpool não conseguiu sair do empate com o Stockport. Os Reds saíram em desvantagem e empataram a partida com o meio-campista Gordon Milne. Com a peleja terminando empatada em 1 a 1, o confronto seria decidido no replay.

E o Liverpool mostrou a força da sua equipe no jogo seguinte. Com dois gols de Roger Hunt, os Reds venceram o Stockport e se classificaram às oitavas de final, onde enfrentariam o Bolton Wanderers.

Leia mais: FIFA 20 Ultimate Team: os 10 melhores atacantes da Premier League 

A partida foi bem equilibrada e o 0 a 0 estava prestes a ser confirmado. Entretanto, aos 40 minutos do segundo tempo, o meio-campista Ian Callagher fez o gol que colocou o Liverpool nas quartas de final, onde o clube enfrentaria o Leicester.

E o jogo diante dos Foxes foi bem equilibrado, e desta vez o 0 a 0 se confirmou, levando o confronto para replay. Na partida de volta, em um Anfield com 53 mil pessoas, o gol salvador de Roger Hunt colocou o Liverpool na semifinal da Copa da Inglaterra, onde os Reds enfrentariam o Chelsea.

Os Blues tinham um ótimo time e a expectativa era de um jogaço. E que se confirmou. Em um Villa Park com cerca de 67 mil torcedores, os Reds venceram o Chelsea por 2 a 0 e se classificaram à grande final pela terceira vez na história. O meio-campista Willie Stevenson e o ponta Peter Thompson marcaram os gols da partida.

A grande final

O Liverpool chegava à sua terceira final de Copa da Inglaterra e ainda não havia vencido o título. Perdeu em 1914 para o Burnley e em 1950 para o Arsenal. Do outro lado, o Leeds United, comandado pelo lendário técnico Don Revie e que pela primeira vez estava na decisão do torneio mais antigo do mundo.

De um lado, Bill Shankly; do outro, Don Revie. 100 mil torcedores nas arquibancadas do velho Wembley e 22 jogadores em campo. O espetáculo estava pronto para ter um campeão inédito.

Lendas no banco. Foto: Liverpool Echo
Leia mais: Liverpool ainda tem frutos a colher por aposta em Jürgen Klopp

O primeiro tempo da final foi de um Liverpool melhor e tomando a iniciativa da partida. Os Reds chegavam forte pelas laterais e na bola aérea. Pelo lado do Leeds, a equipe se defendia muito bem e esperava as brechas nos contra-ataques.

Entretanto, mesmo com tanta pressão, o Liverpool não conseguiu furar o bloqueio do Leeds e a primeira etapa terminou empatada. No segundo tempo, o mesmo roteiro: pressão dos Reds e a equipe de Don Revie dando uma aula na defesa.

O Liverpool pressionou, pressionou e não conseguiu abrir o placar. Com mais um 0 a 0 nos 90 minutos, a partida se encaminhou para a prorrogação.

E logo aos três minutos da primeira etapa do tempo extra, o Liverpool abriu o placar. O atacante Peter Thompson tocou para o lateral-esquerdo Gerry Bryne cruzar e Roger Hunt cabecear para o fundo do gol, colocando os Reds em vantagem.

Com o gol sofrido, o Leeds partiu para cima. E conseguiu o empate aos dez minutos da prorrogação. O zagueiro Norman Hunter levantou a bola na área do Liverpool, o também zagueiro Jack Charlton desviou e o meio-campista Billy Bremner emendou um chutaço de primeira para o fundo do gol. 1 a 1.

Quando o 1 a 1 já estava praticamente sacramentado, o atacante do Liverpool, Ian St John, mudou a história a favor dos Reds. O meio-campista Ian Callagher entrou na área em velocidade e cruzou de forma certeira para St John fazer o gol do primeiro título de Copa da Inglaterra da história do Liverpool.

Leia mais: Melhores zagueiros do Ultimate Team: listamos 10 defensores da Premier League 
Festa dos jogadores. Foto: Liverpool Echo

Ao fim da partida, muita festa. Depois de bater na trave tantas vezes, o Liverpool finalmente era campeão da competição mais antiga de clubes do mundo. Bill Shankly e aquele elenco escreviam mais um capítulo na história.

Quando os jogadores e comissão técnica voltaram para a cidade de Liverpool, os torcedores estavam esperando. Uma multidão tomou conta da terra dos Beatles e a festa foi enorme. Compatível com o que aquele título representava.

Muita festa! Foto: Liverpool Echo

Não há posts para exibir