O Arsenal tem título da Champions League?

4 minutos de leitura

O título da Champions League é a maior horaria do futebol europeu. Dezenas de times conseguiram o tão cobiçado troféu, enquanto outros grandes clubes seguem em busca da glória. O Arsenal está no segundo grupo, pois ainda não conseguiu a conquista, pelo menos no futebol masculino. Mas já bateu na trave uma vez.

Arsenal já foi campeão da Champions League?

Não. O Arsenal nunca conquistou um título da Champions League. Apesar de serem um time tradicional na Europa, os Gunners jamais conseguiram chegar ao topo da maior competição de clubes do continente.

O máximo que o time conseguiu na Champions League foi um vice-campeonato na única final que eles disputaram na temporada 2005/2006. Mas os Gunners tiveram o azar de se depararem com o melhor time do mundo na época: o Barcelona.

Vice para o Barcelona

O Arsenal vinha do título invicto da Premier League na temporada passada e fez uma ótima Champions League. Eliminaram o Real Madrid nas oitavas, Juventus nas quartas e, na semifinal, tiraram o time sensação Villarreal. Na decisão em Paris, no Stade de France, os Gunners não suportaram o estrelado Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, Eto’o, Deco e companhia.

Parecia que tudo ia dar certo quando Campbell abriu o placar aos 37 minutos do 1º tempo. Mas quando o jogo se encaminhava para o final, o Barcelona virou o jogo com Eto’o e o brasileiro Belletti. Assim, o Arsenal perdeu sua única chance na história de ser campeão da Champions League.

Apesar do vice-campeonato, aquele time do Arsenal entrou para a história do clube como um dos mais fortes. Arsene Wenger montou o time naquele dia em um 4-4-2: Lehman; Eboué, Kolo Touré, Campbell e Ashley Cole; Gilberto Silva, Cesc Fábregas, Robert Pires e Hleb; Ljunberg e Henry. No banco ainda tinha nomes como Dennis Bergkamp e Van Persie.

Arsenal na Champions League feminina

Se os homens do Arsenal jamais conseguiram a taça, as mulheres fizeram bonito na temporada 2006/2007 e deram a única glória dos Gunners na Champions League. Na época a equipe enfrentou o Umea, da Suécia, que contava com Marta na final. Os dois jogos foram difíceis, mas após vencer de 1 a 0 na ida e empatar em 0 a 0 na volta, elas ficaram com o troféu.

Caian Oliveira
Caian Oliveira

Jornalista. Coordenador especialista em palpites, prognósticos e conteúdo para SEO da PL Brasil.