O ambicioso novo estádio do Everton começa a tomar forma

Como vai ficar a nova casa dos Toffees para o futuro? Como fica o Goodison Park?

0
648
estádio everton
Paul Greenwood BPI Shutterstock Imago

O Everton tem planos de se tornar uma das maiores potencias do futebol inglês e mundial. Além de grandes contratações, o clube também planeja uma casa nova. Mas esse não será um obra qualquer. O novo estádio do Everton é ambicioso e começou a tomar forma com o lançamento arquitetônico do local e a escolha do novo endereço. O Bramley-Moore, possível nome do futuro estádio, já está sendo considerado por muitos como um dos mais modernos e futuristas do mundo.

Sonho antigo

Construir um estádio novo é um sonho antigo do Everton, desde 1990, quando algumas diretorias cogitavam essa possibilidade. Entretanto, eles esbarravam nas dificuldades financeiras e em conseguir permissão das autoridades. Mas as coisas começaram a mudar com a chegada do milionário Farhad Moshiri no clube, em 2016.

Ele adquiriu 49,9% do Everton e, segundo a imprensa inglesa, isso valorizou o clube em R$ 245 milhões. Com o aumento de verba, os sonhos do clube passaram a ser mais possíveis e Moshiri retomou o projeto de construir um novo estádio. Depois de um ano da chegada do milionário, o Everton conseguiu um acordo com a prefeitura sobre a área da construção.

Leia mais: A versatilidade de Ben Godfrey é uma grande valia para o Everton

Desse modo, os Toffees submeteram a regularização dos planos às autoridades e aguardavam aprovação desde então. A demora para validar o projeto se deu devido a sua localização, na beira do rio Mersey. Os possíveis impactos ambientais gerados pelas obras preocuparam autoridades.

Entretanto, a diretoria do Everton garantiu que a área será preservada e que o rio fará parte do visual do estádio.

Como será o novo estádio do Everton?

A obra de construção do novo estádio está orçada em R$ 2,6 bilhões, com previsão de finalização para 2023. O projeto entrega tudo o que os fãs de futebol esperam de um estádio moderno. Com capacidade para 52.888 pessoas, os assentos mais caros do local vão contar com cadeiras especiais e monitores de televisão.

Além disso, o novo estádio foi projetado para ser o “terror” dos times visitantes. As arquibancadas serão íngremes e próximas ao campo. Com o objetivo de criar uma atmosfera intensa entre os torcedores, formando uma espécie de “caldeirão”, algo semelhante a “Muralha Amarela” do Borussia Dortmund.

Neste setor, os diretores planejam que os torcedores possam ficar de pé. O BramleyMoore também terá áreas de convivência inspiradas em estádios americanos e um espaço dedicado para eventos como shows com capacidade para 14 mil pessoas.

Do lado de fora, os visitantes vão se deparar com uma estrutura inspirada em traços culturais e históricos da cidade, composta por tijolos, aços e vidro. O “Beira-rio” dos ingleses, terá estruturas subaquáticas, com a área do rio preservada, sendo utilizada para compor a parte visual do estádio.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

E como fica o Goodison Park?

Desde quando foi inaugurado, em 1892, o Goodison Park é a casa do Everton. De lá até 2021, foram muitas histórias e jogos que os torcedores com certeza não vão esquecer. A esperança é que até 2023, os Toffees tenham ainda mais motivos para comemorar no local.

Entretanto, com a construção do novo estádio, o que vai sobrar do Goodison Park serão somente as lembranças. Isso porque a diretoria planeja demoli-lo, mas será por uma boa causa. A intenção é de que a área se torne um espaço público para iniciativas comunitárias.

Leia mais: “Por que eu virei torcedor do… Everton”

Desse modo, será construído no local edifícios dedicados a moradia, educação, saúde e pequenas empresas. O objetivo do Toffees é deixar um legado para a população. A presidente-executiva do Everton, Denise Barrett-Baxendale, disse ao site oficial do clube, que o projeto em Goodison Park “é tão ambicioso quanto o desenvolvimento de um novo estádio”.

Mas o local sempre será lembrado com um lugar sagrado. Por isso, será construído um memorial com o intuito de preservar a história do Goodison Park. Além disso, o gramado deve ser mantido, assim como a estátua do ídolo Dixie Dean.

Novo estádio do Everton, mas pode ser chamado de “O Projeto do Povo”

A construção do novo estádio está sendo chamada de “O Projeto do Povo”, isso porque o clube contou com o apoio da população para a aprovação pelas autoridades. Segundo o próprio Everton, foi realizada uma consulta pública, na qual 98% dos entrevistados aprovaram a construção.

Outro ponto positivo para a população é o fato de que as obras vão impulsionar a economia local. Está sendo estimada a criação de 15 mil empregos.

Não há posts para exibir