Novo diretor pressiona e Manchester United pode pagar R$ 860 milhões por jovens estrelas da Premier League

5 minutos de leitura

O Manchester United tem passado por mudanças internas desde a chegada do novo dono do clube, o empresário inglês Jim Ratcliffe. Recentemente, o clube tirou o diretor esportivo Dan Ashowrth do Newcastle para comandar o projeto em Old Trafford — e ele já está trabalhando.

Segundo o site inglês “Football Transfers”, Ashworth é um grande fã de Jarrad Brantwhaite, zagueiro do Everton, está pressionando o clube para firmar negócio e acredita que uma proposta perto dos 75 milhões de libras (R$ 477 milhões) possa tirá-lo do rival da Premier League.

Diretor do Manchester United ‘compra briga'

Ashowrth estaria persuadindo a Ineos, empresa de Ratcliffe que comprou o clube, de que o jovem de 21 anos é o jogador ideal para ser a peça central do United ao construírem sua defesa para o futuro.

O Manchester United tem interesse no jovem há algum tempo. O técnico Erik ten Hag já havia apontado o jogador dos Toffees como alvo do clube, mas é Ashworth quem agora espera concluir um acordo rápido.

]everton
(Foto: Icon Sport)

Segundo o Football Transfers, o clube de Old Trafford está fortemente envolvido para fechar um acordo para a próxima janela de transferências, em julho. O Everton exigirá 75 milhões de libras pelo zagueiro, embora haja a ideia de que um valor inicial de 65 milhões será suficiente, caso a proposta tenha adicionais.

Os Toffees estão relutantes em ver o zagueiro deixar Goodison Park, mas sua situação complicada relacionada ao Fair Play Financeiro da Premier League significa que eles devem se desfazer de alguns jogadores para arrecadar fundos.

O Everton, inclusive, já foi penalizado nesta temporada com dedução de pontos por conta de problemas financeiros. Inicialmente, foram 10 pontos, mas a punição caiu para seis. Ainda assim, a situação não os salva de novos problemas no futuro se não entrarem nas regras.

Outra promessa para ‘resolver' no Manchester United

Além de Branthwaite, a equipe de Ten Hag também tem sido ligada a Michael Olise há alguns meses. O jovem meia do Crystal Palace tem sido o principal destaque do time e chamou a atenção nas últimas temporadas.

De acordo com o Football Transfers, Olise está aberto a uma mudança para Old Trafford e “os termos pessoais do acordo não devem ser um problema”. A questão é a taxa de transferência com o Palace.

Olise, alvo do United, contra o City (Foto: Icon Sport)
(Foto: ICon Sport)

O site afirma que há uma cláusula de liberação no contrato do meia de 22 anos de 60 milhões de libras (R$ 381 milhões), e qualquer clube pode ativá-la. Dada essa cláusula, os londrinos podem não querer sequer negociar um valor menor.

As exibições pouco impressionantes de Antony nesta temporada, somadas à provável saída de Erik ten Hag, que levou o brasileiro a Old Trafford, levaram o clube a buscar ativamente um jogador para o lado direito que possa garantir uma posição titular na próxima temporada.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]