O que deu errado com o Norwich, primeiro rebaixado da Premier League 2019/2020?

É o quinto rebaixamento do clube na era Premier League

0
239
norwich rebaixado
ALEX PANTLING/POOL/AFP via Getty Images

Após ser goleado para o West Ham por 4 a 0 em pleno Carrow Road, o Norwich foi o primeiro clube a ser rebaixado da Premier League 2019/2020. Além do rebaixamento, o clube acumulou a marca de sete derrotas seguidas na competição, o que é um recorde na história do clube.

O que deu errado com o rebaixado Norwich?

O clube começou a Premier League encantando a todos com um futebol envolvente e até surpreendeu o Manchester City que era o atual campeão da competição. No entanto, o modesto elenco de Daniel Farke não suportou o investimento financeiro do restante da liga e disputará a Championship na próxima temporada.

Neste texto, a PL Brasil cita os motivos que ocasionaram no rebaixamento do Norwich para a Championship. São cinco quedas na era Premier League, o que leva os Canários a serem o clube com mais descensos na história da competição.

Leia mais: Emiliano Buendía, a grata supresa do lanterna Norwich 

Queda de rendimento de seus principais atletas 

Para a disputa da Premier League, o Norwich apostou na manutenção da base da equipe que foi a grande campeã da Championship 2018/2019. Com 94 pontos, a equipe de Daniel Farke superou o Sheffield United em cinco pontos, mas os comandados de Chris Wilder são uma das sensações do campeonato em seu retorno à elite.

Nas primeiras rodadas da competição, os Canários apresentaram um futebol envolvente, um bom toque de bola e pressão na saída de bola dos adversários. Esses fatores impressionaram até mesmo o então campeão, Manchester City, que foi derrotado por 3 a 2 pelo Norwich na melhor atuação do clube na temporada.

Principais atletas da equipe, nomes como Teemu Pukki, Todd Cantwell e Emiliano Buendia começaram bem a temporada, mas caíram de rendimento com o decorrer dos jogos.

Com o rebaixamento, a tendência é de que esses atletas não permaneçam no clube para a próxima temporada. No entanto, o técnico Daniel Farke acredita que o futuro do Norwich é brilhante, pois o clube não está sofrendo financeiramente e ainda poderá lucrar em algumas vendas.

Após a derrota contra o West Ham, o clube chegou à incrível marca negativa de 24 derrotas em 35 rodadas. Com isso, superou o seu maior numero de derrotas em uma temporada faltando ainda três rodadas para o fim da competição.

Leia mais: A epopeia do Norwich na Copa da Uefa 1993/94

Sem Pukki, sem festa

O artilheiro finlandês Teemu Pukki foi figura fundamental do clube nas últimas temporadas. Goleador da Championship 2018/2019 com 29 gols, o atacante começou a Premier League desta temporada com uma excelente média de gols.

Com seis gols nas primeiras cinco rodadas, o atacante chegou a ser o artilheiro da Premier League, mas sua queda de produção coincidiu com a pior fase do Norwich na temporada. O finlandês não marca desde a 24ª rodada, quando balançou a rede na derrota para o Tottenham por 2 a 1.

Apesar de sua má fase, Pukki certamente vai ser um nome cobiçado na próxima janela de transferências. Com 11 gols na atual edição da Premier League, o jogador demonstrou que pode atuar em alto nível na competição quando atua por uma equipe motivada e organizada. Algo que o Norwich mostrou em certos momentos da temporada.

Em caso de saída do atacante, o jovem Adam Idah poderá ser o seu substituto na próxima temporada. Com três gols pela Copa da Inglaterra, o jovem correspondeu em algumas oportunidades pela equipe principal nessa temporada.

Além de chamar a atenção pelo Norwich, o atacante foi o principal responsável pela classificação da seleção da Finlândia para a Eurocopa pela primeira vez na história. Com 10 gols em 10 partidas nas eliminatórias, só ficou atrás de Harry Kane, Cristiano Ronaldo e Eran Zahavi na artilharia.

Leia mais: Todd Cantwell, joia do Norwich vem fazendo temporada de gente grande

Quem do clube merece permanecer na Premier League para a próxima temporada?

norwich rebaixado
ALEX PANTLING/POOL/AFP via Getty Images

Além de Teemu Pukki, os Canários possuem ótimos nomes que certamente serão visados na próxima janela. Começando pelas laterais, Max Aarons e Jamal Lewis são revelações do clube que corresponderam muito bem em sua primeira temporada na elite.

Na parte de criação, Todd Cantwell e Emiliano Buendía também possuem números notáveis na atual temporada. Com seis gols, o jovem inglês de 22 anos já está sendo especulados em clubes como Liverpool, Manchester United e Sheffield United. Já o argentino concedeu sete assistências para gols na Premier League e também possui potencial de permanecer na elite.

No gol, o experiente holandês Tim Krul é uma boa opção para quem necessita de um arqueiro para a próxima temporada. O holandês sofreu constantemente com as lesões ao longo da carreira, mas conseguiu salvar o clube em diversos momentos da temporada.