Nicolas Pépé – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
198
Nicolas Pépé
Foto: Divulgação/Arsenal

Nicolas Pépé, ou simplesmente Pépé, é um jogador de futebol marfinense, que atualmente joga pelo Arsenal. A saber, o atleta nasceu em 29 de maio de 1995, em Mantes-la-Jollie, na França. Entretanto, tem dupla nacionalidade e defende a seleção marfinense. Enfim, o atacante deu seus primeiros passos no futebol com apenas seis anos, em 2001.

Nicolas Pépé – Início da carreira

Pépé começou a jogar bola no modesto FC Solitaires Paris East, com apenas seis anos e lá permaneceu até seus 16 anos. Uma curiosidade é que o jogador se destacava como goleiro. Assim, seus companheiros diziam que era o melhor guarda-redes e que podia pular muito rápido.

No entanto, com o tempo, Pépé foi saindo do gol e passou a jogar na linha. Em 2008, com 13 anos, terminou um torneio como melhor goleiro e melhor jogador do campeonato. Três anos depois, deixou Paris. A saber, foi a Vivonne porque seu pai, que era supervisor de prisão, foi transferido para a cadeia de Vivonne.

Trajetória, conquistas e highlights de Nicolas Pépé

Chegando na nova cidade com 16 anos, Pépé integrou o Poitiers, de uma cidade próxima a Vivonne, que atualmente está na 5ª divisão francesa. Sendo assim, entrou no time já como um meia-esquerda, abandonando sua posição original, que era de goleiro.

Ficou no modesto clube por apenas um ano, marcando dois gols em nove jogos. Assim, chamou atenção de clubes grandes da França e, assim, se lançou ao mercado de transferências francês, antes de aparecer no mercado da bola mundial.

Transferências e Mercado da Bola de Nicolas Pépé

Angers SCO

O meia-esquerda, que se destacou mesmo estando em um time modesto, viu rumores crescerem e se tornarem realidade: em 2013 foi chamado para ir ao time B do Angers, da elite francesa. Pela 2ª equipe do time francês, chamou a atenção após marcar nove gols em 41 jogos. Assim, viu mais uma vez os rumores crescerem de que se profissionalizaria.

O que realmente aconteceu: em 26 de agosto de 2014 fez sua estreia profissional pelo Angers. No entanto, ainda muito jovem e visando a melhora do garoto, o time da 1ª divisão francesa o emprestou para o Orléans, atualmente na 3ª divisão francesa, em 2015. Por lá, fez sete gols, com duas assistências em 30 jogos.

Desempenho esse que fez com que o jovem garoto voltasse no ano seguinte à elite francesa. Apesar de baixos números (três gols e uma assistência em 33 partidas) o atleta chamou atenção de gigantes franceses. Olympique de Marseille e LOSC Lille eram os times dispostos a desembolsar dinheiro pelo atleta no mercado da bola.

LOSC Lille

Mesmo com os rumores fortes sobre uma ida a Marselha, Pépé escolheu o LOSC Lille, de Marcelo Bielsa, onde chegou em 2017/18. Dessa forma, o time francês pagou 10 milhões de euros pelo passe do atleta. Demonstrando um ótimo futebol, marcou presença no time da temporada da Ligue 1 2018/19, quando foi vice-campeão.

Se destacou por conta dos ótimos números jogando de ponta direita. Sendo assim, balançou as redes em 37 oportunidades, além de servir seus companheiros 17 vezes em 79 jogos. A saber, o ótimo desempenho no Lille fez com que o nome de Pépé fosse um dos mais badalados no mercado da bola.

Dessa forma, em 2019, o clube francês disse que era inevitável a saída do atleta no mercado de transferências de verão. Assim, Internazionale, Bayern de Munique, Arsenal, Chelsea e PSG foram alguns dos que demonstraram interesse no jovem.

Arsenal

Após um mercado da bola agitado com seu nome, Pépé decidiu ir à Inglaterra jogar pelo Arsenal. O gigante inglês comprou o atleta pela bagatela de 80 milhões de euros, a maior transferência da história da equipe londrina. O atacante chegou na Premier League causando, visto que driblou o zagueiro Van Dijk, depois de mais de um ano.

De lá para cá, foram 92 aparições, com 25 gols, juntamente com 16 assistências. Ademais, o atleta se tornou titular absoluto do time de Londres. Por lá, venceu seu primeiro título: Copa da Inglaterra, em 2019/20.

Apesar dos bons números, Pépé chegou a ser considerado um fracasso na Inglaterra. Assim, o Arsenal foi ao mercado de transferências e contratou Odegaard, junto ao Real Madrid. No entanto, Pépé continua titular da equipe e participa de gols recorrentemente.

Nicolas Pépé na seleção marfinense

Pépé representa seu país desde novembro de 2016. Atualmente, é titular absoluto da equipe, assim como no time inglês. Por fim, conta com cinco tentos em 21 jogos. A saber, ainda não deu nem um passe para gol.