Nice – História, estatísticas e conquistas

Nice – História, estatísticas e conquistas
Nice

Olympique Gymnaste Club de Nice Côte d'Azur, popularmente conhecido como Nice, é um clube do sul da França, que joga a Ligue 1. A saber, o clube nasceu em 1904, e pode ser considerado um dos mais tradicionais do país. Confira detalhes do clube e o histórico de boas contratações no mercado de transferências.

Em suma, o time tem como maiores conquistas suas quatro taças de Campeonato Francês, todas levantadas na década de 1950. Além disso, a equipe vermelha e preta ganhou três Coupe de France em sua história, a última em 1997. Le Gym, como é conhecido, joga atualmente no Estádio Allianz Riviera, que tem capacidade para 35 mil torcedores.

Trajetória do Nice: fundação, conquistas e ascensão

Um dos clubes mais antigos, da França, o Nice foi fundado em 1904. Além disso, é um dos times que fundaram o Campeonato Francês em 1932, junto a Olympique MarseilleMontpellierRennesSochaux. Mas seu primeiro título só aconteceu mesmo na temporada 1950/51.

Além disso, foi bi ao levantar a taça de 1951/52. Ainda na mesma década, ganhou em 1955/56 e 1958/59. De fato, essa foi a melhor época do OGC, dividindo os troféus com o Stade de Reims. A última vez que o clube saiu campeão de algum torneio foi na Coupe de France de 1996/97.

Mercado de Transferências do Nice

Nice sempre se movimenta bem no mercado da bola, fazendo alguns investimentos interessantes. Além disso, volta e meia contrata um jogador muito famoso. Dessa forma, conheça atletas que foram rumores do clube no mercado de transferências e deram muito certo com sua camisa.

Alassane Plea, do Lyon, por €500 mil, em 2014/15

Em suma, Alassane Plea é o maior artilheiro da história do Nice. A saber, ele chegou ao clube por uma “pechincha” na temporada 2014/15, quando foi pago 500 mil euros ao Lyon pelo seu passe. Com a camisa rubro-negra, o atacante marcou 44 gols em 135 jogos, deixando seu nome na “calçada da fama” do Allianz Riviera.

Hoje ele atua no Borussia Monchengladbach, onde também faz muitos gols e se destaca. O Nice recebeu 23 milhões de euros dos alemães pelo seu passe no mercado da bola em 2018/19.

Mario Balotelli, do Liverpool, por €0, em 2016/17

Uma aposta do Nice que deu muito certo foi o astro italiano Mario Balotelli. A saber, o atleta vinha de muitos problemas fora de campo e temporadas desastrosas no Liverpool. Assim que seu contrato com os Reds acabou, rumores que Le Gym o contratou a custo zero no mercado da bola. Em resumo, foram 43 gols em 76 jogos pelo clube, ficando um gol abaixo de Alassane Plea na artilharia da história.

Darío Cvitanich, do Ajax, por €1,5 milhão, em 2012/13

Outra lenda do Nice é o argentino Darío Cvitanich, que chegou ao clube em 2012/13 após uma boa Libertadores pelo Boca Juniors. A saber, seu passe pertencia ao Ajax, a quem o clube pagou 1,5 milhão de euros. Em resumo, com a camisa vermelha e preta o centroavante marcou 36 gols em 76 jogos.

Loïc Remy, do Lyon ao Nice por €8 milhões, em 2008/19

Na temporada 2008/09, o Nice fez uma grande investida no mercado da bola. A saber, entre os muitos rumores, o clube procurava um centroavante para ser sua referência em campo. Dessa forma, abriu os cofres e pagou 8 milhões de euros para contratar Loïc Remy, do Lyon. No Gym, o jogador balançou as redes 30 vezes em 70 jogos. Mais tarde, foi vendido por 15 milhões de euros ao Olympique de Marseille.

Bakari Koné, do Lorient, por €2,5 milhões, em 2005/06

Por fim, Bakari Koné é outro jogador que tem uma história no Nice, autor de 29 gols com a camisa do clube, e 101 jogos. A saber, ele chegou do Lorient por 2,5 milhões de euros no mercado da bola de 2005/06. Mais tarde foi vendido ao Olympique de Marseille por 9 milhões de euros, deixando um grande (e bem-vindo) lucro nos cofres do Le Gym.