Newcastle é adquirido por fundo árabe; entenda

Newcastle
Foto Destaque: Reprodução/ Public Investment Fund

Nesta quinta-feira (7), o Newcastle anunciou através de seus perfis oficiais, que o clube foi adquirido por um fundo de investimentos árabe, pelo valor de 300 milhões de libras. A saber, a partir de hoje, a PCP Capital Partners and RB Sports & Media, que possuiu fortes ligações com o governo saudita, detém 100% do clube de St. James Park. Desse modo, a expectativa é que o time receba uma injeção financeira e adquira um novo patamar no futebol inglês.

De acordo com nota oficial do clube, todos os requisitos da compra foram aprovados pela Premier League. Portanto, o Newcastle oficialmente entra em nova administração. Aliás, os rumores sobre a negociação do clube já vinham sendo especulados há alguns meses na imprensa britânica. Entretanto, os aspectos legais acabaram barrando a negociação naquela época.

Ademais, na declaração também constam enfáticas promessas de alto investimento em um projeto de longo prazo para tornar o Newcastle em uma potência europeia. Desse modo,  Yasir Al-Rumayyan, homem por trás do PIF (The Public Investment Fund), deu sua primeira declaração para o torcedor dos Magpies.

“Agradecemos aos torcedores do Newcastle por seu leal apoio durante os anos e estamos excitados para trabalhar junto com eles” comentou o executivo.

Foto: Reprodução/Public Investment Fund

O que impedia o acordo?

Em resumo, o governo britânico vetou a compra do clube devido a acusações de pirataria na transmissão da Premier League, por parte da emissora saudita, BeoutQ. Contudo, um acordo mediado por uma Tv do Catar, beIN Sports, parece ter selado a paz entre ambos os lados e finalmente possibilitou a aquisição do Newcastle pelo fundo de investimentos.

Além disso, a opinião pública sempre se mostrou reticente em relação a ligação da empresa com a coroa saudita. Principalmente, devido a graves denúncias de violações dos direitos humanos no governo do príncipe Mohammad Bin Salman. Assim sendo, se tornam inevitáveis as relações do futebol com questões geopolíticas. Agora, resta saber se o Newcastle pretende associar sua imagem a essas polêmicas figuras.

A era Mike Ashley

Certamente, os antigos donos do clube não deixarão saudades em St. James Park. A saber, a torcida do clube vivia em constante guerra com a diretoria comandada pelo empresário Mike Ashley. Maior proprietário do clube desde 2007, Ashley nunca atingiu sucesso desportivo ou financeiro durante seu período no clube.

Só para ilustrar, durante mais de uma década, a melhor posição do Newcastle foi um 5º lugar na temporada 2011/2012. Enquanto isso, nessa mesma era, os Magpies enfrentaram dois rebaixamentos para Championship. Decerto, uma época que os torcedores querem apagar de sua memória.

A situação do Newcastle

Inegavelmente, a nova diretoria deve agir com pressa para tentar evitar o rebaixamento do do clube nesta temporada de Premier League. A saber, os Magpies ocupam a vice lanterna da competição, com apenas três pontos, e sem nenhuma vitória até o momento. Ademais o time volta a campo no domingo (17), quando recebe o Tottenham, pela Premier League.