Newcastle 3×2 Barcelona: hat-trick de Asprilla e a noite mágica para os Magpies

Magpies venceram o Barça em duelo pela Champions

newcastle 3x2 barcelona
(Getty Images)

O Newcastle United viveu os seus tempos de ouro na década de 90. Apesar da ausência de títulos, o clube sempre realizou grandes campanhas que não eram coroadas com o título pelo fato de os Magpies acabarem perdendo força no final da temporada.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Foi assim tanto em 1995/96 como em 1996/97. Kevin Keegan comandou brilhantemente um clube que possuía um ataque fatal formado pelo lendário atacante inglês Les Ferdinand e o colombiano Faustino Asprilla.

Em 1995/96, o clube chegou a abrir uma vantagem de 12 pontos sobre o seu maior rival – o Manchester United – na disputa pelo título. No entanto, acabou somando apenas 17 pontos de seus últimos 10 jogos. Por sua vez, Ferdinand marcou apenas 4 gols nos últimos 13 jogos.

Leia mais Rafa Benítez no Newcastle: relação difícil com dono, amor da torcida e indecisões

Na temporada de 1995/96, o Newcastle de Kevin Keegan(foto) ganhou a simpatia de toda a Inglaterra. Fantástica campanha na Premier League terminou melancolicamente com um vice-campeonato para o Manchester United (Foto: Getty Images)

Na temporada seguinte, o clube manteve o alto nível. No entanto, acabou se tornando vice-campeão pela segunda vez consecutiva para o Manchester United.

Apesar das boas campanhas, ocorreu uma surpresa. O técnico Kevin Keegan acabou se demitindo do clube, alegando que precisava ficar afastado do futebol durante um período. Seu substituto foi o técnico Kenny Dalglish.

Kenny Dalglish substituiu Kevin Keegan no comando do Newcastle. Na foto, ele está ao lado do maior artilheiro da história do clube, o inglês Alan Shearer. (Foto: Owen Humphreys/PA Images)

Leia mais: QUIZ: Você consegue identificar esses 12 clubes ingleses por seus apelidos?

Na temporada de 1997/98, o sorteio da fase de grupos não colaborou com o Newcastle. O clube inglês se viu em um grupo bastante complicado.

A chave era formada pelo Barcelona, de Luis Figo e Rivaldo, o Dinamo de Kiev, do jovem Andreyi Shevchenko, e o PSV, de Philip Cocu e Jaap Stam.

Logo na primeira rodada, o Newcastle encararia o Barcelona no St James' Park.

Newcastle 3×2 Barcelona: 2 a 0 logo no primeiro tempo

O momento era complicado. O lendário atacante inglês Alan Shearer estava machucado enquanto o meia David Ginola e o atacante Les Ferdinand haviam sido vendidos para o Tottenham.

As esperanças de gols estavam nos pés de Faustino Asprilla. Seu companheiro de ataque era um jovem dinamarquês de 21 anos que também faria muito sucesso no mundo do futebol, chamado John Dahl Tomasson.

Cabeçada de Asprilla em um de seus três gols sobre o Barcelona (Foto: Hulton Archive)

Aos 22 minutos, Asprilla recebeu em profundidade, se antecipou ao goleiro Hesp e foi derrubado na área sofrendo o pênalti.

Na cobrança, ele mesmo bateu no canto direito do goleiro blaugrana que chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol dos Magpies.

A partir daí, a dobradinha formada por Keith Gillespie e Asprilla deu pesadelos para os comandados de Louis Van Gaal, que comandava o Barcelona na época.

Nove minutos após abrir o placar, o Newcastle fez o seu segundo gol. Gillespie recebeu na ponta direita, passou pelo marcador e cruzou na cabeça do colombiano, que fuzilou as redes.

Newcastle 3×2 Barcelona: hat-trick de Asprilla e quase sofre empate

Logo após o intervalo de jogo, mais uma jogada da dupla. Gillespie avançou quase que o campo inteiro para cruzar na cabeça de Faustino Asprilla que marcou o seu hat-trick.

A festa no St James' Park era enorme e muitos davam como certo uma vitória tranquila para o time da casa, mas o Barcelona tinha outros planos.

Após uma boa triangulação entre Rivaldo, Figo e Luis Enrique, o atual treinador da seleção espanhola diminuiu para os visitantes.

Aos 89, Shay Given, considerado um dos maiores goleiros da história do clube, acabou falhando.

Leia mais: A legião de jogadores franceses no Newcastle

Ele deu de presente o gol para Figo, que silenciou o St James' Park até o apito final, quando a torcida Geordie finalmente pôde comemorar uma vitória inesquecível.

O Newcastle acabou terminando aquela fase de grupos na terceira colocação com 7 pontos, sendo eliminado na primeira fase.

Na ocasião, apenas o primeiro cada grupo e os dois melhores segundos colocados se classificavam.

Apenas o Dinamo de Kiev, do jovem Andriy Shevchenko, garantiu sua classificação para a próxima fase, após somar 11 pontos contra 9 do PSV. O Barcelona surpreendentemente terminou em último, com apenas 5 pontos somados.

Equipe que entrou em campo na vitória de 3 a 2 sobre o Barcelona. Destaque do jogo, Asprilla é o primeiro agachado da esquerda para a direita. (Foto: Hulton Archive)