Jogador do Vasco é pré-convocado para seleção da Itália

2 minutos de leitura

A Itália tem se destacado por convocar diversos jogadores de outros países, mas que também tenham nacionalidade italiana. A bola da vez foi um atleta brasileiro que defende o Vasco, pré-convocado para dois jogos da Nations League.

O lateral-esquerdo Lucas Piton está na lista de pré-convocados da Itália para a próxima Data Fifa, em junho. A informação foi antecipada de forma oficial pelo Vasco. O clube carioca anunciou a novidade em seu site oficial na manhã desta quarta-feira (24). O Cruzmaltino se antecipou à Itália, que ainda não divulgou a lista completa de Roberto Mancini.

Nations League: brasileiro do Vasco é pré-convocado pela Itália para decisões
Lucas Piton pelo Vasco – Foto: Daniel Ramalho/CRVG

Lucas Piton é brasileiro de Jundiaí (SP), mas tem dupla-nacionalidade por conta das raízes de sua família na Itália. O lateral de 23 anos foi revelado pelo Corinthians e comprado pelo Vasco no início da atual temporada por R$ 16,6 milhões, equivalentes a 60% dos direitos econômicos do atleta. Pelo bom momento vivido em São Januário e por ter o passaporte europeu, o defensor tem chamado a atenção de clubes do Velho Continente.

Lucas Piton em 2023

  • 19 jogos
  • 1 gol
  • 5 assistências

A pré-chamada visa os jogos do final four da Nations League, na Holanda. No dia 15 de junho, a Itália pega a Espanha, pela semifinal do torneio. A depender do resultado, a Azzurra enfrentará, na final ou disputa de terceiro lugar, Croácia ou Holanda. Por se tratar de uma pré-convocação, ainda não se sabe se Lucas Piton irá de fato ser chamado para os jogos. A seleção italiana realizará a convocação definitiva nos próximos dias.

Leia mais: Champions League: cantora brasileira será atração na final entre City e Inter

Itália em busca de novos talentos

Sem ir à Copa do Mundo desde 2014, a Azzurra tem feito uma reformulação geral em suas estruturas, mesmo com o título da Eurocopa, em 2021. O técnico Roberto Mancini lidera o movimento que tenta buscar jovens valores de outros países para a Itália. O grande nome do momento é o argentino Matteo Retegui, atacante do Tigre e que pertence ao Boca Juniors, convocado pela tetracampeã na última Data Fifa.

Em abril, a “Gazzetta Dello Sport” colocou que outros jogadores argentinos, como Galoppo, do São Paulo, estariam na mira da Federação Italiana. A pré-convocação de Lucas Piton atende ao estilo de trabalhado praticado pelo comando do futebol da Terra da Bota.

Histórico de brasileiros naturalizados

Lucas Piton não será o primeiro e tampouco o último brasileiro a poder defender a seleção italiana. O país é recordista de naturalizações de jogadores verde-amarelos. Ao todo, 18 brasileiros já jogaram com a camisa da Azzurra.

Paolo Innocenti, Anphiologino Guarisi, Mazzola, Dino da Costa, Ângelo Sormani, Eliseu Gabardo, Ottavio Fantoni, Pedro Sernagiotto, Rômulo, Alessandro Di Maria, Amauri, Thiago Motta, Éder, Jorginho, Emerson Palmieri, Rafael Toloi, Luiz Felipe e João Pedro

Além do lateral-esquerdo do Vasco, a Itália flerta com Carlos Augusto, defensor do Monza há três temporadas e que também foi revelado pelo Corinthians.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.