Napoli – História, estatísticas e conquistas

A Società Sportiva Calcio Napoli, conhecido originalmente por Napoli, foi fundado em 1º de agosto de 1926, na cidade de Nápoles. Possui um dos uniformes mais bonitos do mundo, com a tradicional camisa azul, calção branco e meias azuis. Em síntese, tem como os seus principais rivais, a Lazio, Juventus e Roma.

Primeiramente, o Napoli foi criado por marinheiros, no ínicio do século XX. Um deles era o inglês chamado William Poths. Antes de se tornar o Naples Foot-Ball Club, o Napoli era conhecido como Naples Foot-Ball & Cricket Club, em referência à equipe de Cricket.

Após longos anos, a diretoria do novo clube, novamente decidiu mudar o nome da instituição. Sendo assim, o Napoli tornou-se a Società Sportiva Calcio Napoli. A saber, o seu estádio leva o nome de Diego Armando Maradona, em homenagem ao maior ídolo do clube, o meia argentino Diego Maradona. Por fim, a casa do clube abriga mais de 50 mil torcedores.

Trajetória do Napoli: fundação, conquistas e ascensão

Antes de mais nada, no começo da sua trajetória no mundo do futebol, o Napoli sofreu com más desempenhos. No ano de 1937, fugiu do rebaixamento nas últimas rodadas. Na temporada 1939/40, mais uma vez a história se repetiu. Por outro lado, na terceira vez consecutiva fugindo do descenso, o clube não conseguiu se manter na Série A.

Logo após a paralisação dos campeonatos na Europa devido à Segunda Guerra Mundial, a equipe retornou à elite na temporada 1945/46. Contudo, na década de 80, o clube se reergueu, montando a melhor equipe na história do Napoli.

Principais títulos e campanhas de destaque:

  • 6x campeão da Copa da Itália (1962, 1976, 1987, 2012, 2014 e 2020)
  • 2x campeão da Série A (1987 e 1990)
  • 1x Série B (1950)
  • 1x Taça da UEFA (1989)
  • 2x Supercopa da Itália

Mercado de Transferências do Napoli

Decerto, confira as principais contratações no mercado da bola, vendas, rumores e ídolos.

Victor Osimhen, do Lille, por € 75 milhões, no mercado de transferências 2020/21

Considerado um dos melhores atacantes nigeriano dos últimos tempos, o atacante Victor Osimhem se transferiu para o Napoli no mercado da bola de 2020, com um contrato até 2025. A saber, marcou o seu primeiro gol pelo clube italiano em outubro de 2020, na goleada por 4 x 1 sobre a Atalanta, da Itália. Enfim, até o momento, o artilheiro tem 28 gols em 62 jogos.

Gonzalo Higuaín, do Real Madrid, por € 39 milhões em 2013/14

No mercado da bola de 2013, o Real Madrid, da Espanha, confirmou a venda do atacante argentino Gonzalo Higuaín para o Napoli. A saber, Higuaín chegou ao clube com status de ídolo, após boas temporadas pela equipe espanhol.

Em 2015, o atacante marcou incríveis 36 gols na Série A italiana, batendo um recorde histórico da 1ª divisão, que pertencia ao sueco Gunnar Nordahl. Naquela ocasião, Gunnar marcou 35 gols. Em suma, pela equipe italiana, o argentino estabeleceu a marca de 91 gols em 146 jogos, conquistando dois troféus consecutivos, a Copa da Itália (2014) e Supercopa italiana (2015).

Edinson Cavani, do Napoli para o PSG, por € 65 milhões em 2013/14

No mercado da bola de 2014, o Napoli vendeu o atacante uruguaio Edinson Cavani para o PSG, da França, tornando-se a segunda maior venda do clube na história. Antes de tudo, ainda no Napoli, na temporada 2010/11, Cavani marcou 26 gols no Campeonato Italiano e foi o grande destaque da equipe.

Após rumores de vários clubes europeus entorno do seu nome, Cavani renovou o seu contrato com o Napoli até 2016. Por fim, pela equipe italiana, o uruguaio obteve números expressivos, marcando 104 gols em 137 jogos.

Jorginho, do Napoli para o Chelsea, por € 57 milhões no mercado de transferências 2018/19

Em 2018, no mercado da bola, o volante brasileiro Jorginho se transferiu para o Chelsea, da Inglaterra. Antes disso, em janeiro de 2014, assinou contrato com Napoli por quatro anos. Logo depois, marcou o seu primeiro gol na vitória de 3 x 0 contra a Roma, levando o clube até a final da Copa da Itália naquele ano. Dessa forma, Jorginho foi fundamental no título da Copa, quando o Napoli derrotou a Fiorentina por 3 x 1.

Diego Maradona, o maior ídolo do clube

Primeiramente, antes da era Maradona, o clube vivia uma grande crise, conquistando troféus sem expressão no âmbito nacional. Logo após polêmicas no Barcelona, o meia argentino foi anunciado pelo clube italiano onde ganhou projeção mundial. Sendo assim, Maradona foi recepcionado como um rei, chegando de helicóptero ao estádio na sua apresentação.

Antes da sua chegada à equipe, havia rumores que a Juventus estaria interessada no craque, mas não se concretizou. Na equipe do Napoli foram dois campeonatos italianos, uma Copa da Uefa e Supercopa da Itália. Enfim, em 256 jogos, marcou 114 gols e deu 61 assistências.

Vítor, 32 anos, natural de Criciúma-SC, apaixonado por esportes, especialmente por futebol. Já escrevi para alguns portais de Criciúma e região, e atualmente estou no portal 4oito de Criciúma. Tenho um blog que leva meu nome, Vítor Rizzatti e escrevo de um a dois posts por semana, abordando temas atuais no âmbito esportivo. Faço jornalismo digital na Uniasselvi e estou na 1 fase.
Artigo anteriorLazio – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoTorino – História, estatísticas e conquistas