“Não estou preocupado com a falta de experiência para o jogo”, diz Rangnick sobre partida contra o Atlético de Madrid

“Não estou preocupado com a falta de experiência para o jogo”, diz Rangnick sobre partida contra o Atlético de Madrid
Foto: Divulgação/ Manchester United

Nesta quarta-feira (23), Atlético de Madrid e Manchester United duelam em jogo de ida pelas oitavas de final da UEFA Champions League 2021/22. Dessa maneira, o treinador Ralf Rangnick falou sobre a expectativa para este grande duelo.

Entrevista Rangnick:

Foi uma vitória brilhante em Leeds, então como é bom levar essa energia positiva para a Espanha?
“Muito bom. Ainda mais, já que a atmosfera no estádio com o Atlético será semelhante, apenas provavelmente em dois dígitos em relação aos torcedores. Espero 65.000 naquele estádio. Foi uma vitória importante para a liga, mas também para a equipe ter mostrado que está pronta para esse tipo de experiência nesse tipo de ambiente”.

Fator CR7

Ronaldo e Varane estão voltando para a cidade onde costumavam jogar, então estão animados com o jogo?
“Sim, mas isso também é verdade para o resto da equipe. Obviamente, para os dois, é voltar ao lugar que costumavam tocar, a cidade que tocaram por muito tempo.”

De Gea está de volta onde tudo começou com o Atlético – todos os três têm uma vasta experiência na Liga dos Campeões, então isso ajudará o time?
“Sim, espero muito, mas temos experiência suficiente em nossa equipe e uma boa mistura de jogadores experientes e jogadores mais jovens. Não estou preocupado com a falta de experiência para o jogo.”

Os torcedores do Atlético vão atrapalhar Cristiano, porque ele tem um ótimo histórico contra eles, mas esse é o tipo de atmosfera em que ele prospera?
“Vamos ver. Mais uma vez, ele tem experiência suficiente. Ele está acostumado a esse tipo de atmosfera hostil em sua carreira, então não deve impressioná-lo muito. Mais uma vez, para nós, trata-se de como atuamos como equipe. Ele não pode fazer isso sozinho. Temos que jogar em alto nível como equipe, como fizemos contra o Leeds, sabendo que a qualidade do Atlético é alta”.
É um jogo de elenco e suas substituições funcionaram novamente no fim de semana, quando dois substitutos entraram e marcaram – quão importante é que todos estejam sempre prontos?
“Muito importante. Na Liga dos Campeões, podemos sub cinco jogadores, o que é bom. Eu gostaria que isso também acontecesse na Premier League. Acho que somos a única liga na Europa, até onde sei, com apenas três substituições permitidas. Portanto, estou muito feliz por poder substituir cinco jogadores.”A mudança na regra dos gols fora de casa altera sua abordagem para o empate?
“Bem, não realmente, mas quero dizer que é uma mudança importante. Não estou dizendo que é uma boa mudança. É importante saber que não é tão importante marcar, é conseguir um bom resultado que nos deixe todas as chances para o nosso jogo em casa contra o Atlético.”